Etapa de Arcos (MG) da Estrada Real tem vitórias de Avancini e Karen Olimpio

0
179

Ao longo deste sábado (29), a cidade de Arcos (MG) recebeu o segundo dia da terceira e última etapa da Internacional Estrada Real 2023. Desta vez, foram as corridas de XCO, o cross country olímpico. Na categoria Elite (profissional), as vitórias foram de Henrique Avancini, atleta da Caloi, e Karen Olimpio, da Audax.

A prova dos profissionais valeu pontos para Paris-2024. A Internacional Estrada Real Chaoyang 2023 é organizada pela Avelar Sports, e as outras duas etapas também foram em Minas, mas nas cidades de Itabirito, em março, e Ouro Branco, em maio. As competições em Arcos estão sendo disputadas no Parque Aquático Municipal, na Rua Belo Horizonte, 612.

Entre os homens, o trajeto do XCO Elite de Arcos teve 8 voltas, contra 7 das mulheres. Cada volta tinha 4 km, sendo 1,5 km de mata fechada.  Karen concluiu a sua prova em 1h24m57s, contra 1h25m11s de Isabella Lacerda, da Scott, e 1h25m54s de Raiza Goulão, da Oggi. Avancini, por sua vez, concluiu em 1h20m11s, contra 1h20m55 de Ulan Galinski, seu colega de equipe, e 1h21m14s de José Gabriel, da Oggi.

A corrida masculina começou muito acirrada entre Avancini, Ulan e José Gabriel. Aos poucos, porém, o atleta de Petrópolis (RJ) tomou a liderança da competição, com folgas, deixando a corrida muito disputada pelo segundo lugar. Na reta final, Galinski abriu vantagem e garantiu a prata.

“Estou muito feliz. Na primeira etapa da Internacional Estrada Real, em Itabirito (MG), me senti mal e não pude participar. Já na segunda, em Ouro Branco, venci o short track (XCC), mas não fui bem no XCO. Hoje, fico feliz de poder mostrar o que sei e ver a energia da galera. É uma motivação a mais e isso sempre faz muita diferença”, comentou o vencedor do XCO

No feminino, a disputa foi ainda mais emocionante. Na última volta, Karen Olimpio ultrapassou Raiza Goulão e ficou com o primeiro lugar. Na última sexta-feira (28), ela também já havia vencido a prova de XCC, o short track. Agora, assim como aconteceu em Ouro Branco, quer encerrar a etapa com 100% de aproveitamento.

“Não gosto de ficar fora de corridas. Estou em uma grande forma e estou muito motivada. Esta prova também serviu como preparação para o Campeonato Mundial, que já embarco na semana que vem. Foi um grande percurso e deu para se divertir bastante.  Também fiquei muito feliz por ver minha família me apoiando. Agora é se recuperar para a prova deste domingo”, disse Karen.

Mais Internacional Estrada Real Chaoyang 2023

Ainda neste sábado, houve provas de XCO em outras 25 categorias. Na sexta-feira (28), como já destacado, foi dia do XCC. No Elite (profissional), as vitórias foram de José Gabriel e Karen Olimpio.

O último dia de competições na etapa de Arcos, mas também da Internacional Estrada Real Chaoyang 2023 será neste domingo (30), com as provas do XCM, o Cross Country Maratona. Ao contrário do XCC, que valeu pontos para o ranking mundial, e o XCO, que conta pontos para Paris-2024, o XCM é a que atrai mais amadores e a maioria dos 1.500 atletas inscritos. Eles competirão no percurso completo com 66 km ou no reduzido, com 44 km.