Família Schurmann projeta sua Voz dos Oceanos na Times Square, no coração de Manhattan, em Nova York.

0
317

Moradores de Nova York e turistas que frequentam a Times Square estão sendo impactados pela Família Schurmann e a projeção do vídeo da Voz dos Oceanos na icônica fachada do edifício da Nasdaq.

Heloisa, David e Wilhelm Schurmann, ao lado de sua companheira Erika Ternex, acompanharam a intervenção urbana junto com os demais tripulantes de mar e equipe de terra da expedição, que tem o apoio mundial do Programa da ONU para o Meio Ambiente.

Emocionada e orgulhosa, a Família Schurmann ressalta a importância de destacar a missão da Voz dos Oceanos no meio de uma metrópole como Nova York.

“Precisamos consciencializar a população sobre o impacto do plástico nos oceanos, um problema não restrito às regiões litorâneas já que muitos desses resíduos têm como origem cidades distantes da praia”, diz David Schurmann, CEO da Voz dos Oceanos.

“Até 2040, estima-se que os mares devem receber entre 23 e 37 milhões de toneladas de plástico por ano, segundo relatório da ONU ‘Da Poluição à Solução: Uma Análise Global sobre Lixo Marinho e Poluição Plástica’. Precisamos reverter urgentemente este cenário”, alerta Heloisa Schurmann, uma das líderes da expedição.

A projeção do vídeo da Voz dos Oceanos na Times Square acontece poucas horas depois da coletiva de imprensa e evento especial realizados em Nova York, quinta-feira, 14 de julho. Heloisa, David e Wilhelm Schurmann e tripulação receberam convidados na galeria COPENYC.ORG, localizada no Brooklyn, e apresentaram o pilar Arte, que aproxima a cultura dessa missão de conscientização e engajamento.

Indicada pelos parceiros do Programa da ONU para o Meio Ambiente, Crystal Sky fez uma linda performance.

Pela primeira vez, a cantora apresentou seu novo single “Only One Home”, ao lado de outras músicas, entre elas, “Next to the Ocean”.

Surpresa da noite, a atriz e cantora Simone Gutierrez também mostrou, ao vivo, seu brilho e talento tão conhecidos pelo público brasileiro de grades musicais.

E mais: a curadora-chefe Vida Sabbaghi e a co-curadora Jade Matarazzo apresentaram a exposição “Obsessive Sea”, uma parceria da House of Arts com a Cope NYC, que traz as obras dos artistas Carla Goldberg, Jacques Jarrige, Alex Korolkovas, Stephen Mallon e Sui Park.

https://youtube.com/shorts/pGBgN5uC9aM?feature=share

Voz dos Oceanos

Liderada pela Família Schurmann, que há 38 anos navega pelos mares do planeta, Voz dos Oceanos tem objetivo de documentar a poluição plástica mas, acima de tudo, identificar soluções capazes de reverter esse cenário, recuperando e preservando os oceanos.

Iniciada em 29 de agosto de 2021, a expedição tem o apoio mundial do Programa da ONU para o Meio Ambiente e de parceiros internacionais como a Plastic Soup Foundation.

Em sua jornada, Voz dos Oceanos vem testemunhando e registrando, in loco, o que está acontecendo no Planeta Água; navegando em busca de soluções inovadoras, e conscientizando e a engajando as pessoas ao redor do mundo para a necessidade de ações urgentes.

A iniciativa envolve cientistas, ambientalistas, empreendedores, ONGs e governos com propostas para reverter o cenário de destruição dos mares — além de ações de empreendedorismo e educação.

 

Até novembro de 2023, passará por cerca de 65 destinos. Após navegar pela costa brasileira e ilhas do Caribe, a expedição encontra-se na costa atlântica dos Estados Unidos, onde permanecerá por cinco meses, percorrendo diversos destinos, entre eles Miami, Nova York e Boston. De lá, seguirá para arquipélago das Bermudas, México, Panamá, Oceano Pacífico Sul, Polinésia até chegar na Nova Zelândia — em novembro de 2023.

A rota inclui ainda alguns pontos dos mares, onde os mais variados itens de plástico se acumulam, vindos de diferentes partes do mundo por meio das correntes marítimas.

A expedição Voz dos Oceanos tem como patrocinadores Kaiak (Natura), Corona (Ambev), Faber Castell, Sabesp e RaiaDrogasil.