Histórico: Tiago Monteiro conquista Campeonato Brasileiro de Optimist 2016

1
194

CABANGA 34 (2)

 

 

 

Tiago Monteiro


“Eu já fui para dois mundiais e nos últimos anos sempre fiquei entre os cinco primeiros, mas o título não vinha. Agora chegou minha vez. Esse é meu último ano no Optimist e agora espero fazer uma boa seletiva para me classificar para mais um mundial

Marina da Fonte


“Eu velejo faz dois anos e ano passado fui campeã da Copa Brasil de Estreante. Estou muito feliz por em tão pouco tempo ter sido campeã brasileira

Edival Júnior (Coordenador de Vela do Cabanga)


“Terminar o campeonato com dois campeões nacionais dá uma sensação muito boa, mostra que tudo foi bem feito. São muitas pessoas envolvidas e se dedicando para que isso acontecesse”, completou.



Edição – Adilson Pacheco
adilsonpachecoredacao@gmail.com
Fonte – Maurício Júnior
Comunicação do Cabanga
Iate Clube de Pernambuco
Post – 17/01 -22:26



Marina da Fonte, do Cabanga Iate Clube de Pernambuco,também fez bonito e ficou com o título geral no Feminino. Velejadores se garantiram no Sul-Americano da modalidade que será realizado em

Um dia histórico para a vela optimist de Pernambuco e, consequentemente, do Cabanga Iate Clube de Pernambuco. É dessa forma que o domingo – 17 de janeiro de 2016 – ficará registrado na vida de Tiago Monteiro, 14 anos, e Marina da Fonte, 13. Os dois conquistaram de forma brilhante o 44º Campeonato Brasileiro de Optimist, que realizado em Jurerê/SC e contou com a participação de 133 velejadores de dez estados brasileiros, sendo 14 do Cabanga Iate Clube de Pernambuco.

Tiago Monteiro, até então vice-campeão da competição nacional, entrou para história e se tornou o único velejador do Estado a conquistar um Campeonato Brasileiro de Optimist geral. Tiago terminou, após doze regatas realizadas, com 52 pontos perdidos (PPs). O segundo lugar ficou com Gabriel Kern, do Clube dos Jangadeiros, do Rio Grande do Sul, que somou 64 PPs. A terceira colocação geral ficou com Giovanne Pistorello, também do Clube dos Jangadeiros, com 80 PPs.

“Tiago é hoje o melhor velejador do Brasil. Não só pelo que ele vem velejando, mas pelos resultados obtidos nos últimos campeonatos. A caminhada para Pernambuco chegar e dizer que, hoje, tem o melhor velejador do Brasil foi muito longa. Até então, tivemos bons velejadores de Optimist, mas nenhum que a gente pudesse apontar como grande favorito ao título de um campeonato brasileiro dessa classe. Tiago, com esse título, mostrou que é o maior nome da vela de Pernambuco”, comemorou Edival Júnior, coordenador de Vela do Cabanga e um dos principais responsáveis pelo sucesso da Flotilha do Cabanga nos últimos sete anos.

O comodoro do Cabanga, Jaime Monteiro Jr., também parabenizou a conquista de Pernambuco na competição. “O Cabanga parabeniza a todos, capitã da Flotilha, Diretoria, comissão técnica, pais e atletas pela maravilhosa conquista. Muito bom”, resumiu o comodoro.



A caminhada de Tiago


 

até o título começou há quatro anos, quando ele terminou o Campeonato Brasileiro de Optimist na quinta colocação geral. No ano seguinte, ficou entre os três melhores do Brasil. A ascensão do jovem velejador do Cabanga continuou no Brasileiro de 2015, realizado no Rio de Janeiro, segundo lugar. “São quatro anos entre os cinco melhores do Brasil. Ele não poderia fechar seu último ano no Optimist – completará 15 anos próximo dia 31 de janeiro – da melhor forma, com o título. Estou no Optimist há 35 anos e sempre sonhei com esse momento, que hoje se concretizou no meu filho”, comentou Ted Monteiro, presidente da Federação Pernambucana de Vela.

Além de ter se tornado o primeiro velejador de Pernambuco a conquistar tal feito, Tiago Monteiro entrou para história da vela no Norte-Nordeste. Até então, apenas Mário Urban, da Bahia, havia conquistado esse feito, em 1990.


FEMININO


A alegria da vela pernambucana não parou em Tiago Monteiro. Marina da Fonte também fez bonito e conquistou o Brasileiro Feminino. A velejadora do Cabanga conquistou o décimo título nacional feminino para Pernambuco e se tornou a quinta pernambucana a conseguir esse feito. Antes dela, já conquistaram o título as irmãs Andrea e Roberta da Rosa Borges (cinco títulos), Luciana Raposo (duas vezes) e Renata Gama (uma).

Apesar de nova na vela, começou a velejar em 2014, Marina da Fonte já acumula duas grandes conquistas no Optimist. Em 2015, na Copa Brasil de Estreante, no Rio de Janeiro, ficou na primeira colocação geral e agora conquistou o título do Brasileiro Feminino. A segunda colocação no feminino também foi do Cabanga, Marina Hutzler.


NÚMEROS DE TIAGO MONTEIRO E MARINA DA FONTE NO BRASILEIRO 2016

Tiago Monteiro
1º geral
1º juvenil
(11º/3º/3º/3º/8º/3º/31º/1º/2º/2º/11º/5º)
52 pontos perdidos

Marina da Fonte
2º geral feminino
2º juvenil feminino
18º geral
(15º/6º/18º/17º/18º/68º(BFD)/8º/3º/16º/3º/6º/4º)
115 pontos perdidos

SUL-AMERICANO


Pelo regulamento da Associação Brasileira de Classe de Optimist (ABCO), os 11 primeiros meninos e as quatro melhores meninas do Campeonato Brasileiro de Optimist 2016 representarão o Brasil no Campeonato Sul-Americano de Optimist, que este ano será realizado em Salinas (Equador), de 17 a 26 de março de 2016. Com o excelente resultado da Flotilha do Cabanga, Pernambuco terá, também pela primeira na história, cinco representantes – Tiago Monteiro, Vinicius Oliveira, Marina da Fonte, Marina Hutzler e Ludmila Lira.

COMPETIÇÕES INTERNACIONAIS


Com a conquista inédita do Campeonato Brasileiro de Optimist 2016, Tiago Monteiro deu um importante passo para carimbar, pelo terceiro ano consecutivo, a vaga para o Mundial de Optimist 2016, que este ano, será realizado em Vilamoura (Portugal), de 25 de junho a 04 de julho. Pelo regulamento da ABCO, os cinco primeiros velejadores do ranking nacional da classe representarão o Brasil no torneio internacional.

Para definir os representantes do Brasil nessa competição, o ranking da ABCO somará os pontos do Brasileiro e do Brasil-Centro de Optimist, que está marcado para ser realizado de 20 a 24 de abril, em Ilha Bela/SP. Além do Mundial, o ranking definirá os representantes do Brasil no Campeonato Europeu e Optimist NorthAmerican Championship., nos seguintes critérios:


Campeonato Mundial de Optimist
Local: Vilamoura (Portugal)
Período: De 25 de junho a 04 de julho de 2016
Participação Brasileira: cinco representantes (do 1º ao 5º no Ranking 2016)



 

Campeonato Europeu de Optimist
Local: Crotone (Itália)
Período: 15 a 22 de julho de 2016
Participação Brasileira: quatro representantes (do 6º ao 8º menino, mais uma vaga feminina)



 

Campeonato Norte Americano de Optimist
Local: Antigua (Caribe)
Período: 10 a 18 de julho de 2016
Participação Brasileira: 15 representantes – (os meninos que ficarem do nono ao 19º lugar no ranking geral e mais quatro meninas)

CURRICULUM DOS CAMPEÕES


 

Tiago Monteiro


– Começou a velejar aos oito anos;
– 1º colocado no Brasileiro de Optimist 2016 (SC)
– 2º colocado no Brasileiro de Optimist 2015 (RJ)
– 2º colocado no Sul-Brasileiro de Optimist 2015 (SC)
– 2º colocado no Brasil Centro de Optimist 2015 (RJ)
– Tricampeão da N/NE de Optimist (2013/2014/2015)
– Tricampeão Pernambucano de Optimist (2013/2014/2015)
– Campeão Brasileiro de Optimist – categoria Mirim (2013)
– Campeão Brasileiro de Optimist – categoria Infantil (2014)
– 3º colocado no Brasileiro de Optimist 2014 (PE)
– 5º colocado no Brasileiro de Optimist 2013

* Primeiro velejador pernambucano da história a ficar entre os cinco primeiros colocados do Brasileiro por quatro anos consecutivos (2013/2014/2015/2016)
* Quinto atleta pernambucano a disputar um Mundial de Optimist
* Primeiro a disputar o Mundial de Optimist por duas vezes consecutivas


Marina da Fonte


– Começou a velejar aos 11 anos
– 1ª colocada na Copa Brasil de Estreante 2015 (RJ)
– 1ª colocada no Campeonato Brasileiro de Optimist 2016 (SC)

1 COMENTÁRIO

  1. It attracts thousands of visitors over a 5-day period and spectators will be thrilled by over 200 races of an international standard, including Olympians and crews new to the event.

Comments are closed.