Júlio Cardoso- Mar & Baleias: Unidade de Conservação Marinha no arquipélago de Alcatrazes.

0
322

 

Slide1

 

 

 

Finalmente, após mais de 25 anos de lutas e campanhas por parte dos ambientalistas e da comunidade náutica em geral e da vela em especial o governo criou uma ampla Unidade de Conservação Marinha no arquipélago de Alcatrazes.

Trata se de um Refúgio de Vida Silvestre (Revis), uma unidade de proteção integral que permitirá visitas e mergulho contemplativo e proíbe a pesca de todo tipo e a exploração de recursos naturais.

Alcatrazes se formou no final da última idade do gelo, uns 9000 anos atrás quando o mar subiu e separou o arquipélago do continente.

Em todos estes anos muitas espécies de plantas, serpentes e batráquios se desenvolveram de forma diferente das do continente e se tornaram endêmicas no local

Além disso no arquipélago existe o maior ninhal de fragatas do Atlântico Sul, com mais de 8000 vivendo e procriando por la e também e um ponto importante de parada de aves oceânicas migratórias.

Baleias, golfinhos e tartarugas vivem e frequentam as aguas ao seu redor até por que são muito ricas em peixes residentes e de passagem.

Os velejadores que participam da Regata de Alcatrazes na Semana de Vela de Ilhabela há muitos anos conseguem observar essa maravilha de perto e em breve quando as visitas e os mergulhos forem regulamentados pelo Plano de Manejo a ser aprovado para a Revis, toda a comunidade náutica do Brasil poderá ter esse privilégio!