Rio Grande do Sul- Veleiros do Sul será a sede do Brasileiro da classe 420

1
177

 

 

 

Classe da vela de base reúne para disputa nacional equipes do centro do país e da Argentina na Capital


Edição – Adilson Pacheco
adilsonpachecoredacao@gmail.com
Fonte – Ane Meira Mancio
Comunicação do Veleiros do Sul
Post-12/1-22:39


 

Entre os dias 16 a 23 de janeiro o Veleiros do Sul será a sede do Campeonato Brasileiro da Classe 420 em Porto Alegre. Nos três primeiros dias serão feitas as medições e a regata de abertura. No dia 19 começa a série de regatas do campeonato que já conta com 11 tripulações inscritas do Rio de Janeiro, São Paulo e Argentina.

A expectativa é de receber cerca de 20 barcos na raia do Cristal, no Guaíba. Parte da vela de base, a 420 é conhecida como uma classe muito organizada, jovem e competitiva, onde duplas de velejadores a partir de 15 anos aprimoram em equipe os conhecimentos e onde muitos deles ensaiam o ingresso na vela olímpica. Embora a estrutura do barco 420 seja semelhante ao barco olímpico 470, a classe prepara o velejador para o ingresso em qualquer uma das classes olímpicas ao integrar o Mundial da Juventude da Federação Internacional de Vela (World Sailing).

   O Veleiros do Sul deverá


 

contar com três equipes na competição. O Clube está empenhado em fomentar a renovação de talentos da vela brasileira e em dezembro de 2015 habilitou-se junto à Confederação Brasileira de Clubes a receber um novo aporte de R$ 1,067 milhões em recursos provenientes da Lei Pelé via Ministério dos Esportes para a execução dos seus projetos esportivos voltados às categorias de base e olímpica. Com o repasse do projeto anterior (o Formação Olímpica I) o Veleiros do Sul adquiriu quatro barcos para a classe 420. Uma das equipes do Veleiros do Sul beneficiadas pelo projeto é Tiago Quevedo e Erik Hoffmann, que em sua primeira disputa nacional na Copa Brasil de Vela Jovem em dezembro fez o quinto lugar. A dupla também representará o Clube em casa no Brasileiro de 420.rs

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.