Transat Jacques Vabre – Tem francês com sotaque brasileiro

0
99

 

prtugues

 

Em bom português, Sam Manuard disse que a dupla quer comer uma boa moqueca depois desse desafio internacional. ‘


Edição – Adilson Pacheco
Fonte – TJV
Post – 19/11-10:23


 

O barco V and B ficou com o segundo lugar na Class40 da Transat Jacques Vabre. A dupla francês Maxime Sorel e Sam Manuard completou o percurso, nesta quarta-feira (18), com diferença de quase duas horas para o campeão, o Le Conservateur. No píer da Marina Itajaí, os velejadores foram recebidos com frutas, champagne, caipirinha e água de coco. Festa para quem passou 24 dias, 10 horas, 04 minutos e 31 segundos no mar desde Le Havre, na França. Em bom português, Sam Manuard disse que a dupla quer comer uma boa moqueca depois desse desafio internacional. ‘

”No caminho o Maximel me perguntou quais eram os pratos mais gostosos do Brasil, e eu disse que a moqueca era muito gostosa”. O pai de Sam Manuard mora em Belo Horizonte (MG) e o velejador francês o visita regularmente.

”Foi muito bom ser recebido por ele na minha chegada a Itajaí. Foi uma regata bem complicada, principalmente pelos primeiros dias de travessia. Ficamos com medo de quebrar o barco”, disse Sam Manuard, que além de velejador é projetista de veleiros.

O barco V and B sempre ficou próximo do Le Conservateur e tentou o ataque final na costa catarinense, mas a mínima vantagem de 20 quilômetros foi defendida pelos campeões.


 

O próximo barco da Class40 a chegar será o Caracac Advnaced energies, previsto para a noite de quinta-feira (19).