Europa – jornalista Rodrigo Moreira Rato:Parada de estrelas em Malta#largada da Rolex Middle Sea Race

0
512

 

Rodrigo colunista Portugal (1) (1)

 

 

A edição de 2015 da Rolex Middle Sea Race, organizada pelo Royal Malta Yacht Club, começou sábado, 17 de outubro, no Grand Harbour, Malta. Pelo segundo ano consecutivo, mass de 100 barcos em representação de 22 países


 

Correspondente na Europa – Rodrigo Moreira Rato
Fotos: Carlo Borlenghi/Rolex Middle Sea Race
Coluna 6 -post:19/10- 10:53


 

PARA SEXTA COLUNA

 

 

A edição de 2015 da Rolex Middle Sea Race, organizada pelo Royal Malta Yacht Club, começou sábado, 17 de outubro, no Grand Harbour, Malta. Pelo segundo ano consecutivo, mass de 100 barcos em representação de 22 países vão largar para a mítica regata.
Este ano, pela primeira vez na história da prova compete um barco construído em Portugal, com tripulação e velas 100% nacionais, o Giulietta do armador Alexandre Kossack, também a defender as cores nacionais, estará mais uma vez o Diogo Cayolla a bordo do espectacular Kuka-Light (40 pés com quilha pivotante, e 2,5 toneladas de peso)

A 36ª edição da prova conta com um número recorde de 11 barcos com quilha pivotante em carbono, e se as condições atmosféricas permitirem algum destes barcos poderá bater o recorde da prova, que pertence desde 2009 ao Rambler 90 do armador George David, com o tempo de 47 horas, 55 minutos e 3 segundos. A liderar este grupo de puros sangue, estará o próprio George David a competir no Maxi Rambler 88, com uma equipa de luxo constituída por Brad Jackson, Andrew Cape, Joca Signorini, Rodney Ardern, Simon Daubney, Robbie Naismith, Lorenzo Mazza, Stu Wilson, Nathan Hislop, Jan Dekker, Jerry Kirby, Scott Beavis e Curtis Blewitt.

Dois multicascos hi-tech também estarão e competir, o MOD 70 Phaedo3 do americano Lloyd Thornburg, este barco tem batido uma série de recordes e tem como co-skipper o detentor do Troféu Júlio Verne, o britanico Brian Thompson. Da Califórnia vem o armador Peter Aschenbrenner com o trimaran de 63 pés Paradox, a bordo tem entre outros o recordista de velocidade à vela Paul Larsen, e a Sara Hastreiter tripulante do Team SCA na última VOR.
O vencedor da Rolex Middle Sea Race, será decidido em tempo corrigido segundo o handicap IRC. Em 2014 os barcos enfrentaram de calmarias a tempestades, estas muito variadas condições atmosféricas, tornam a regata muito difícil.

A frota conta com uma verdadeira constelação de velejadores, Olímpicos, da Volvo Ocean Race, da America’s Cup, TP52, Extreme Sailing Series e muitos amadores apaixonados que querem participar nesta extraordinária regata.

A Rolex Middle Sea Race começa sábado 17 de outubro, ás 11:00 (CET), com sete largadas sequenciais por classes no Grand Harbour de La Valleta.


 

Para acompanhar a regata pode seguir o site oficial Rolex Middle Sea


 

Race. www.rolexmiddlesearace.com
Também pode usar a aplicação Yellow Brick, onde além da posição de cada barco irá consultar dados telémetricos.