Fortaleza está movimentando o Campeonato Pan-Americano de Canoagem Oceânica COPAC 2023 o  evento é realizado em conjunto com o MolokaBRA

0
172

Fortaleza está movimentando o Campeonato Pan-Americano de Canoagem Oceânica COPAC 2023 e    O evento é realizado em conjunto com o MolokaBRA

340 atletas nacionais e internacionais participam das competições em Fortaleza e Caucaia até dia 02 de setembro.

A Cidade de Fortaeza, Ceará, está sediando o Campeonato Pan-Americano de Canoagem Oceânica COPAC 2023, as competições estão acontecendo nas cidades de Fortaleza e Caucaia, desde dia 25 e seguem até o dia 02 de setembro.

O evento é realizado em conjunto com o MolokaBRA, famosa competição de downwind, no qual os atletas saem de um ponto localizado em determinada praia e chegam em outro destino em outra praia, totalizando 32 km de prova. O ponto de saída é na cidade de Fortaleza, capital do Estado do Ceará, e o ponto de chegada localiza-se na cidade de Caucaia.

As provas atraíram a participação dos melhores atletas do Brasil e do continente, são cerca de 340 velejadores nacionais e internacionais, competindo além de provas da Canoagem Oceânica, outras modalidades de remo (stand up paddle, SUP Foil, canoa havaiana, surfski e paddleboard) e vela (kitesurf, hydrofoil, windsurf, wing foil e hobie cat 16).

Essa é a segunda vez que a competição Pan-Americano de Canoagem Oceânica da COPAC acontece no Brasil. A primeira ocorreu em 2019, em Salvador (BA). “O Brasil tem todas as condições ideais para este evento, a Canoagem Oceânica é uma modalidade estruturada e com boas parcerias na organização dos eventos nacionais, por isso também sediamos o Campeonato Pan-americano de Canoagem Oceânica. Está sendo tudo perfeito e muito bem organizado”, disse Rafael Girotto, presidente da CBCa.

De acordo com o secretário do Turismo de Fortaleza, Alexandre Pereira, o turismo esportivo é muito importante para a cidade. “Geralmente, esses atletas vêm acompanhados de amigos e familiares, então teremos, pelo menos, o dobro do público estimado, o que faz com que o turismo e a economia de Fortaleza sejam movimentados. Nossa gestão tem investido bastante no turismo náutico. Lançamos recentemente o movimento Fortaleza Capital do Kite e queremos trazer cada vez mais esse público para a nossa cidade”, relata.

Segundo o Diretor Geral da CBCa, Rodrigo Miranda, essa etapa da canoagem é nacional e também Pan-Americana, recebendo atletas das Américas do Norte, Central e Sul. “Esse evento é muito importante para o Brasil, para nossa canoagem brasileira, onde atletas de diferentes regiões do continente americano estão aqui disputando vagas e obtendo resultados importantes. Nosso esporte visa além da participação, do lazer, de curtir nossas praias maravilhosas, mas também em busca de resultados de alto rendimento, consagrando-se grandes campeões”.

O Pan-Americano e MolokaBRA estão sendo organizados pela Confederação Pan-americana de Canoagem (COPAC), Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa) com supervisão técnica do Dennis Simões, Associação de Stand Up Paddle do Ceará (ASUPCE), em colaboração com a Supervisão Técnica de Canoagem Oceânica da CBCa e recebe apoio da Prefeitura de Fortaleza, por meio das Secretarias Municipais do Turismo e do Esporte e Lazer.