Avancini tem grandes vitórias nas provas da Avelar Sports

0
95
Henrique Avancini em Albstadt, na Alemanha (Michele Mondini / Divulgação

Nesta semana, o Brasil viu o ciclista Henrique Avancini, amplamente considerado o maior da história do país na história do MTB, anunciar a aposentadoria no final deste ano. E boa parte disso se dá pelo desempenho do atleta de Petrópolis (RJ) nas provas da Avelar Sports, que dão pontos para o ranking mundial e para a corrida olímpica.

Ao todo, ele ganhou nove corridas em provas promovidas pela empresa. Em 2023, Avancini ganhou a prova de XCC da Internacional Estrada Real, em Ouro Branco (MG). Dois meses depois, em julho, ficou em primeiro lugar na prova de XCO da cidade de Arcos, no mesmo estado.

Além das etapas de Ouro Branco e Arcos, a temporada de 2023 da Estrada Real teve ainda etapa em Itabirito (MG), em março. Avancini não pôde participar, com um problema de saúde. No entanto, ainda em 2023, ele foi co-organizador do Desafio dos Gigantes, em março, em Petrópolis (RJ). Ele não ganhou nenhuma prova, mas subiu ao pódio três vezes.

“Estou muito feliz. Na primeira etapa da Internacional Estrada Real, em Itabirito (MG), me senti mal e não pude participar. Já na segunda, em Ouro Branco, venci o short track (XCC), mas não fui bem no XCO. Hoje, fico feliz de poder mostrar o que sei e ver a energia da galera. É uma motivação a mais e isso sempre faz muita diferença”, comentou Avancini na ocasião.

Se em 2023 ele não pôde participar da etapa de Itabirito, no ano passado Avancini fez bonito na mesma cidade e ganhou a prova de XCO. Em 2021, Henrique faturou a Internacional Estrada Real Racing de MTB, em Santana dos Montes (MG). A prova foi de XCO, categoria olímpica. Aquela corrida, aliás, foi a última do ainda ciclista antes de embarcar para os Jogos Olímpicos de Tóquio, onde obteve o 13º lugar.

Em agosto de 2020, na mesma Santana dos Montes, Henrique Avancini conquistou as quatro provas promovidas pela Avelar Sports no seu primeiro Desafio dos Gigantes: XCE, Up Downhill, XCC e o Up Hill. Estas provas respeitaram todas as regras de distanciamento impostas pela pandemia da Covid-19.

Em 2019, Henrique conquistou a sua primeira vitória em uma prova da Avelar. Ele faturou o ouro na prova de XCM da etapa de Ouro Branco da Internacional Chaoyang Estrada Real. Esta prova proporcionou momentos inesquecíveis para os fãs do Mountain Bike. Isso porque Avancini era o então campeão mundial de XCM (ao todo, foi duas vezes, em 2018 e 2023). Além disso, ele e Ulan Galinski, seu ainda companheiro de Caloi, proporcionaram uma briga incessante pelo primeiro lugar. Na época, Henrique era da Cannondale e Ulan da TSW.