Sandro Gonzalez fala dos desafios logísticos para o transporte de pás e torres para a produção de energia eólica

0
1074

 

maxresdefaultNesta sexta-feira, dia 28 de outubro, o presidente da Transpes Sandro Gonzalez participará do evento “Encargos do setor elétrico: visão prática para consumidores e autoprodutores”, que irá abordar os encargos do setor elétrico e as mudanças legislativas nesse mercado. Especializada em movimentar cargas com tamanhos, pesos e volumes especiais, a empresa de Logística Transpes está fortemente envolvida no transporte de pás e torres para a produção de energia eólica.

Durante palestra, Sandro trará exemplos práticos e falará sobre o negócio da Transpes e a experiência no setor de energia. A empresa já enfrentou, por exemplo, o desafio logístico de transportar 279 pás eólicas de Sorocaba (SP) para Água Doce (SC). “O grande desafio era transportar cargas com 65 metros de comprimento em pistas duplas e, principalmente, em pistas simples, muitas vezes mal pavimentadas e sinuosas”, diz. Segundo Sandro Gonzalez, atualmente a empresa realiza a Operação GE, com várias carretas extensivas que partem de Sorocaba (SP) e estão atravessando o país até chegar em Tianguá (CE), levando mais de 100 componentes de torres eólicas. “Esse é um transporte que representa um desafio logístico pela sua complexidade e distância a ser percorrida”, comenta o presidente.


 

“Encargos do setor elétrico: visão prática para consumidores e autoprodutores”

28 de outubro – sexta-feira – de 8h30 às 11h

Local: Avenida Brigadeiro Faria Lima, 1461, Torre Sul, 8º andar – São Paulo (SP)

As vagas são limitadas. Mais informações: contato@neolaw.net.br

 


 

Sobre a Transpes


 

Com uma frota de 2 mil caminhões, a companhia tem uma média anual de 30 mil embarques, 1,3 milhão de toneladas transportadas e 35 milhões de quilômetros percorridos. São 20 filiais brasileiras com capacidade de armazenagem de até 150 mil m² e atuação em todo o Mercosul. A empresa oferece um pacote de soluções para operações logísticas de qualquer finalidade, incluindo armazenagem, DTM (desmontagem, transporte e montagem), escolta, içamento, road survey e transportes especiais. Especialista em projetos com alto grau de complexidade, a Transpes atua nas áreas de infraenergia, mineração, óleo e gás, siderurgia, industrial, dentre outros.

História da Transpes

A história de empreendedorismo da empresa caminha ao lado do desenvolvimento do país. O fundador da Transpes, Tarsício Gonzalez, chegou ao Brasil vindo da Galícia Espanhola em 1951. Trabalhando como caminhoneiro ele mudou-se para Belo Horizonte, quando conheceu Juscelino Kubitschek que à época era o prefeito da cidade. Anos depois, levando uma carga para Brasília reviu Kubitschek que propôs a ele utilizar cavalos-mecânicos para levar as máquinas pesadas necessárias à construção do Distrito Federal. Seguindo o conselho, Gonzalez fundou a Transpes em 1966. Hoje a empresa tem uma gestão estruturada e está sob o comando da segunda geração da família.