Peças inspiradas em jogo de vídeo game viram moda entre alunos da Udesc

0
394

 

foto-divulgacao-1

 

O jogo Assassin’s Creed Unity, que se passa em Paris no século XVIII em plena Revolução Francesa, foi a inspiração para a criação das peças da estudante de design de moda da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), Antoniette Luiza. A paixão pelos jogos de vídeo game resultou na elaboração de 25 peças, destas, três foram escolhidas e serão apresentadas durante o desfile de conclusão do curso marcado para o mês de novembro. O evento é de graça e neste ano será realizado no dia 12 de novembro, no Oceania Convention Center, em Florianópolis.

A intenção desta criação de acordo com a estudante é atender uma necessidade do mercado de moda para aquele público que curte usar uma roupa com mais personalidade. “Hoje existem algumas peças, principalmente camisetas de personagens de filmes e desenhos, mas a minha proposta vai além. Produzi peças que podem ser usadas para sair para a balada ou até mesmo em uma reunião de trabalho. O objetivo da produção é fazer com que a pessoa se sinta como se fosse o personagem do jogo”, lembra Antoniette.

A coleção da estudante é unissex, por isso, a opção por tecidos com algodão, elastano e lã. De acordo com Antoniette, a calça e a camisa foram confeccionadas com tecidos mais frescos por causa dos homens, que na maioria das vezes sentem mais calor que as mulheres. A escolha dos tecidos e a etapa de costura das peças estão na lista de desafios da estudante durante o processo de criação e conclusão do trabalho. “Na faculdade aprendemos a parte de costura mais comercial, no caso da minha criação ela é mais conceitual, com detalhes, por isso considero um desafio. Conseguir montar este quebra cabeça foi uma vitória”, destaca a estudante.

As produções de Antoniette inspiradas no jogo integram o desfile, que conta ainda com a participação de outros 38 alunos. As peças respeitam os ingredientes e tendências da proposta deste ano que é “sincronicidade” – um princípio de ligação não-causal, que liga o mundo psíquico e material. Todo o aprendizado de três anos de curso foi aplicado na produção dos looks que serão apresentados no maior evento universitário de moda do Brasil.

A sexta edição do Observatório de Culturas e Tendências Antecipadas da Universidade é aberta ao público. O Observatório é considerado o maior evento deste gênero universitário do Brasil. Para os alunos é a chance de que as peças sejam vistas também por profissionais que estão no mercado da moda.