Pernambuco – Partida da Refeno 2016 atrai bom público ao Marco Zero do Recife

0
329
refeno
Cinquenta e duas embarcações de 11 estados e três países partiram rumo a Fernando de Noronha
 
A partida da 28ª edição da Regata Internacional Recife/Fernando de Noronha (Refeno) reuniu um bom público no Marco Zero do Recife,  sábado (24). A população presente acompanhou um verdadeiro desfile náutico de 52 embarcações de 11 estados do Brasil e de três países. O percurso total que os veleiros percorrerão até o Arquipélago de Fernando de Noronha será de 292 milhas náuticas, o equivalente a 545 quilômetros de distância.
 
Com vento favorável e aberto girando em torno dos 10 a 14 nós, a partida foi considerada tranquila. Segundo as previsões metereológicas, o trajeto até o Arquipélago será tranquilo sem mar agitado. Com todos esses atrativos é possível que a primeira embarcação chegue a Noronha nas primeiras horas após o raiar do sol. 
 
A partir de agora, as atenções estarão voltadas para o Camiranga, embarcação do Rio Grande do Sul que nos últimos dois anos foi a mais rápida e conquistou o troféu Fita Azul da Refeno. Em 2014, o barco do Veleiros do Sul fez a travessia em 22h40min43. Ano passado, diminuiu para 20h26min37. O atual recorde é do veleiro Adrenalina Pura, da Bahia, com a marca de 14h34min54 em 2007.
 
“A partida foi considerada tranquila com apenas três veleiros largando escapados. Agora é esperar as primeiras embarcações cruzarem a boia de chegada em Noronha e comemorar os resultados”, comentou João Jungmann, membro da Comissão de Regata da Refeno 2016. De acordo com a Comissão de Regata, os três barcos que escaparam foram o Parati 2, do Rio de Janeiro; Travessia, da Paraíba; e Boto, de São Paulo. Eles serão penalizadas com um acréscimo de 30 minutos no tempo real de chegada ao Boldro, em Fernando de Noronha. 
 
Apesar de ter largado escapado, o veleiro Parati 2, de Amyr Klink, também chamou bastante atenção na partida. A embarcação de quase cem pés e 110 toneladas chama atenção pelo design diferenciado. Após a partida de todos os barcos, o navio Cisne Branco, da Marinha do Brasil, também desfilou pelo Marco Zero e depois seguiu rumo a Fernando de Noronha. 
 
TRANSMISSÃO EM TEMPO REAL
O amante da vela que quiser acompanhar a Refeno em tempo real poderá acessar o link no site da regata (clique aqui). A transmissão pode ser feita de um modo geral (visualizando todos os barcos), por classe (visualizando os barcos que competem em determinada categoria) ou individual. 
 
RESULTADOS ANTERIORES
 
HISTÓRICO
A Regata Internacional Recife – Fernando de Noronha (Refeno) atrai, todos os anos, competidores do Brasil e de várias partes do mundo. E não é difícil entender o porquê. O mar, o vento e o clima de Pernambuco são ideais para a navegação. E as paisagens, tanto na partida quanto na chegada, são encantadoras.
 
Todos os anos, os barcos partem do Marco Zero, ponto central do Recife e seguem com destino a Fernando de Noronha, ilha oceânica de águas cristalinas, onde é possível encontrar natureza pura, com golfinhos e atobás fazendo a festa dos visitantes.
 
A Refeno é considerada a primeira regata oceânica do país. Ela foi criada em 1986.