TURISMO EM FOCO – jornalista Zeni Rates

0
454

 

zenisf

 
 TURISMO EM FOCO

jornalista Zeni Rates


coluna 12




 

Lummertz articula retomada de convênios para recepção a cruzeiros marítimos

slide1  Vinicius Lummertz (Embratur), Neusvaldo Lima e Alberto Alves (ambos do MTur), Raimundo Colombo e Lourdes Martini (Governo SC)

No encontro entre o ministro interino do Turismo, Alberto Alves e o presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Vinicius Lummertz, este reforçou o pedido para que o governo federal confirme os convênios com os governos estadual e municipais para que Santa Catarina seja integrada aos roteiros de cruzeiros marítimos. A reunião ocorreu nesta terça-feira (13) e contou com a presença do governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo. O encontro foi uma sequência de reuniões anteriores que aconteceram em Florianópolis, com a presença de Lummertz e do presidente da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Abremar), Marco Ferraz.



 

Estado tem grande potencial para turismo náutico

slide2

 

“Em Santa Catarina, temos talvez o maior potencial para o setor entre todos os estados, potencial esse que também é reconhecido pela iniciativa privada”, resumiu Lummertz. Se todos os portos que já receberam cruzeiros no Estado estiverem em condições, os navios poderão ter até cinco escalas em Santa Catarina, acrescentou. De acordo com o dirigente da Embratur, em Porto Belo, faltava a construção de uma aduana, obra já concluída. Em Itajaí, o problema é a área de manobra, e o governo federal pode auxiliar fazendo a dragagem do Rio. Já em Balneário Camboriú é preciso realizar uma extensão de um píer utilizado por uma marina privada, o que pode também ser feito pelo governo federal. Em Florianópolis, disse Lummertz, a situação é mais complexa, pois é preciso fazer estudos sobre o melhor local. Em São Francisco do Sul, foi iniciada a construção de um píer exclusivo para os transatlânticos, mas a obra está paralisada. Os recursos são do Ministério do Turismo.



Embratur prepara celebração de seus 50 anos

 eni

A Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), lançou nesta quinta-feira (15) o projeto e logomarca de 50 anos da entidade, que serão comemorados em novembro próximo. A proposta é realizar ações integradas ao longo do próximo ano que fortaleçam o papel da instituição e elevem o patamar de competitividade do turismo brasileiro. O presidente Vinicius Lummertz destacou que há cinco décadas, a Embratur conecta o mundo ao Brasil e aos brasileiros, provendo o desenvolvimento em todas as regiões do País: “O Instituto se tornou protagonista na construção da imagem do Brasil e contribuiu para alavancar a cadeia turística nacional. Agora apresentamos uma Embratur renovada e cada vez mais relevante, pautada no modelo das organizações internacionais, responsáveis por elevar seus países a líderes no mercado de turismo”, afirmou Lummertz.




 

Rio de Janeiro, porta de entrada do País


slide4

 

“Os 50 anos da Embratur acontecem no momento em que o Brasil atinge o seu ápice de exposição internacional, após o ciclo de grandes eventos encerrados com a Olimpíada e Paralimpíada, tendo sido extremamente bem-sucedido. Conseguimos lançar uma nova linguagem e consolidar a imagem do Brasil, dentro de um Rio de Janeiro renovado e preparado para as demandas turísticas como porta de entrada do País. Projetamos uma nova realidade brilhante para o turismo”, sinalizou Lummertz no lançamento do projeto e logomarca das comemorações do meio século de atividades da entidade.

 




 

Floram demoliu 54 edificações irregulares na praia dos Ingleses

slide5

 

 

A Fundação Municipal de Meio Ambiente (Floram) iniciou na terça-feira (13) a demolição de 54 edificações em área de preservação permanente no Canto Sul dos Ingleses, norte da Ilha. O ato cumpriu uma determinação feita há cerca de um mês pelo Ministério Público Federal que, em 2013, obteve da Justiça Federal decisão favorável a uma ação civil pública impetrada em 2006. Foram derrubados, no primeiro dia, um restaurante e alguns barracos de madeira em situação precária e sem finalidade. Ranchos de pescadores serão preservados temporariamente. Apenas 33 ranchos de pescadores cadastrados na ação civil pública, serão preservados e realocados para um local próximo, fora da área de preservação permanente. Serão ranchos-padrão, cujo projeto elaborado pelo Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (Ipuf), teve aprovação dos pescadores. Fonte: Fundação do Meio Ambiente – Floram; Foto: Floram.




 

Estudantes vão limpar rios, praias e praças em sete cidades do Vale do Itajaí

 slide6

 

Estudantes da Universidade do Vale do Itajaí (Univali) e voluntários, se reúnem no sábado (17/09), para limpar pontos de rios, praias e praças nas cidades de Balneário Camboriú, Camboriú, Itajaí, Itapema, Porto Belo, Penha e Tijucas. A expectativa é que, ao menos, 400 pessoas participem da ação conhecida como: “Univali limpando o mundo”. Em Itajaí serão limpos o Saco da Fazenda, Praia da Atalaia e Lagoa do Cassino. Em Balneário Camboriú a ação ocorre na Praça Almirante Tamandaré, praias de Taquaras, Estaleiro, Estaleirinho e no Rio Camboriú. A Praça das Figueiras, em Camboriú; a Praia do Perequê e a Lagoa do Perequê, em Porto Belo; a Praia Grossa, em Itapema; a Praia de Tijucas, em Tijucas; e a Praia Vermelha, em Penha. Organizada pelo Laboratório de Gestão e Valoração de Resíduos da Universidade, ligado ao curso de Engenharia Ambiental e Sanitária, a ação iniciará às 8h nos vários pontos. A atividade compõe o evento global Clean up the world e propõe a sensibilização para questões ambientais. Inscrição de voluntários podem ser feitas no link: http://www.univali.br/imprensa/eventos/meio-ambiente/Paginas/evento943.aspx.



 

Coluna anterior : http://regatanews.com.br/turismo-em-foco-jornalista-zeni-rates/