Segurança da informação dos catarinenses completa dez anos-Artigo:-Luiz Antônio da Costa Silva

0
223
Ciasc
Ciasc
* Luiz Antônio da Costa Silva.
 Presidente do Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (Ciasc),
Com 40 anos de história, o Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (Ciasc) trabalha para prover soluções inovadoras em tecnologia, com foco na melhoria da administração pública e dos serviços prestados ao cidadão. Um dos principais serviços é o armazenamento de dados, que deve seguir as premissas da responsabilidade, confiabilidade e segurança.
Em 2006, o Ciasc iniciou uma grande reforma no antigo centro de processamento de dados para uma nova estrutura de Data Center, mais moderna e com capacidade de expansão. Nosso Data Center foi planejado para atender as demandas da administração pública. Mas não são apenas as informações dos Governos, Estadual e municipais, que estão sob nosso sigilo. São os dados de toda a população catarinense em nossas mãos. A nossa responsabilidade é manter o Data Center, que é o coração da nossa empresa, seguro e sempre atento às novas tecnologias utilizadas no mercado. Aliás, tecnologias estas que são e devem sempre ser atualizadas.
Atualmente o Ciasc trabalha com as modernas tecnologias de computação em nuvem, como a virtualização de servidores, além de oferecer infraestrutura, plataforma e software como serviço para seus clientes. O Data Center está situado em ambiente controlado, com monitoramento de todos os ativos e do tráfego de dados, durante 24 horas do dia, sete dias por semana, em todos os dias do ano.
A capacidade de armazenamento é de 1,3 petabytes. Para dar um exemplo do tamanho desta unidade, segundo o especialista em tecnologia da informação, James S. Huggins, se fôssemos digitalizar livros, apenas dois petabytes seriam suficientes para armazenar toda a produção acadêmica dos Estados Unidos. O próximo passo, o exabyte, ainda está muito distante dos computadores comuns, mas já é uma realidade na internet mundial.
Continuaremos atentos às novas tecnologias, trabalhando para que o Governo do Estado tenha uma administração ainda mais digital, o que se reverte em agilidade, economia e proximidade com a população.