Espanha – Scheidt estreia na oitava colocação do Troféu Princesa Sofia

0
134

schedt

Maior atleta olímpico brasileiro ficou em quarto nas duas regatas desta segunda-feira (28), em Palma de Mallorca, na Espanha


* Doro Jr, São Paulo
ZDL Comunicação
Post:28/3/016-18:11


 

– O velejador Robert Scheidt fez nesta segunda-feira (28) sua estreia no Troféu Princesa Sofia, realizado em Palma de Mallorca, na Espanha. Com dois quartos lugares em duas regatas no grupo azul, Scheidt iniciou a competição na oitava colocação, de um total de 152 inscritos de 50 países na classe Laser. A flotilha de Laser foi dividida em três grupos e tem prevista nesta terça-feira (29) mais duas regatas. A 47ª edição do evento conta com a participação de cerca de mil velejadores.

No grupo azul, enquanto Scheidt foi constante nas duas regatas, a primeira delas foi vencida pelo argentino Julio Alsogaray e a segunda teve Enrique Jose Arathoon Pacas, de El Salvador, como vencedor. “O primeiro dia de competições foi marcado por vento forte. Tive uma performance que considero regular, mas estou ciente de que posso melhorar nas próximas regatas”, contou Robert Scheidt, velejador patrocinado pelo Banco do Brasil, Rolex, Deloitte e Audi, com os apoios de COB e CBVela.

Sua primeira participação no Troféu Princesa Sofia na classe Laser foi em 2014, quando Scheidt completou a competição na nona colocação. Na época, após estar na liderança durante a primeira fase do evento, o atleta completou a medal race em quinto. O vencedor da regata final e campeão da Laser foi o australiano Tom Burton, com 75 pontos perdidos. Já na classe Star, o velejador foi campeão do Troféu Princesa Sofia em 2007 e 2012 ao lado de Bruno Prada.

Robert Scheidt


 

começou com tudo a temporada de 2016 e soma dois títulos consecutivos no ano. Após vencer no começo de janeiro o Brasileiro de Laser, no Rio de Janeiro, Scheidt conquistou no fim do mesmo mês seu sexto título em Miami da Copa do Mundo de Vela. Na carreira são 175 títulos – 86 internacionais e 89 nacionais – além de cinco medalhas olímpicas (duas de ouro, duas de prata e uma de bronze).

Classificação parcial, após duas regatas:


1. Julio Alsogaray (ARG) – 3 pontos perdidos (2+1)
2. Andrew Maloney (NZL) – 4 pp (2+2)
3. Kristian Ruth (NOR) – 4 pp (2+2)
4. Wannes Van Laer (BEL) – 6pp (3+3)
5. Luke Elliott (AUS) – 6pp (3+3)
6. Zan Luka Zelko (SLO) – 7pp (2+5)
7. Tonci Stipanovic (CRO) – 8 pp (1+7)
8. Robert Scheidt (BRA) – 8pp (4+4)
9. Hermann Tomasgaard (NOR) – 9pp (8+1)
10. Michael Beckett (GBR) – 10pp (3+7)
11. Jack Wetherell (GBR) – 10pp (4+6)
12. Jeemin Ha (KOR) – 10pp (5+5)

Maior atleta olímpico brasileiro




 

Cinco medalhas:
Ouro : Atlanta/96 e Atenas/2004 (ambas na classe Laser)
Prata : Sidney/2000 (Laser) e Pequim/2008 (Star)
Bronze : Londres/2012 (Star)

175 títulos – 86 internacionais e 89 nacionais, incluindo o Campeonato Brasileiro de Laser/2016 e a etapa de Miami da Copa do Mundo/2016

Laser
Onze títulos mundiais – 1991 (juvenil), 1995, 1996, 1997, 2000, 2001, 2002*, 2004 e 2005 e 2013
*Em 2002, foram realizados, separadamente, o Mundial de Vela da Isaf e o Mundial de Laser, ambos vencidos por Robert Scheidt
Três medalhas olímpicas – ouro em Atlanta/1996 e Atenas/2004, prata em Sydney/2000

Star
Três títulos mundiais – 2007, 2011 e 2012*
*Além de Scheidt e Bruno Prada, só os italianos Agostino Straulino e Nicolo Rode venceram três mundiais velejando juntos, na história da classe
Duas medalhas olímpicas – prata em Pequim/2008 e bronze em Londres/2012




 

*EDIÇÃO DA REDAÇÃO/ EDITORIAL EDITION
*Edição – Adilson Pacheco
MTB: 0002362/SC
E-mail: adilsonpachecoredacao@gmail.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/adilson.pacheco.75
Facebook: https://www.facebook.com/Regata-News-698702346874230/?fref=ts
Issuu: https://issuu.com/regatanew_sc