CBVela faz plantio de árvores em comemoração ao Dia Internacional do Meio Ambiente

0
61

Ação foi feita em parceria com a World Sailing, Avène e o Instituto Brasileiro de Defesa da Natureza (IBDN)

O Dia Internacional do Meio Ambiente será comemorado nesta quarta-feira, 5 de junho, e a Confederação Brasileira de Vela (CBVela) realizou uma ação na véspera para celebrar a data, envolvendo a World Sailing, clubes de vela paulistanos e o Instituto Brasileiro de Defesa da Natureza (IBDN).

A atividade, apoiada pela Avène, aconteceu no Parque Ecológico do Tietê, em São Paulo (SP), e incluiu o plantio de mais de 417 novas árvores, formando o Bosque da Vela na capital paulista. Destas, 187 foram plantadas para neutralizar as emissões de 30 toneladas de carbono do Campeonato Mundial da Juventude de Búzios, realizado em 2023.

As outras 230 árvores foram plantadas para apoiar o projeto de reflorestamento do Parque Ecológico do Tietê. Estima-se que aproximadamente 67,55 toneladas de carbono serão retiradas da atmosfera com essa iniciativa.

”Junto com a World Sailing, a CBVela organizou o Mundial da Juventude com todo um cuidado para evitar ao máximo a emissão de gases do efeito estufa e a geração de resíduos. Mas um evento esportivo gera, sim, impactos que precisam ser compensados. É o que estamos fazendo com a criação deste Bosque da Vela em plena cidade de São Paulo e na Semana do Meio Ambiente. A CBVela trabalha com responsabilidade socioambiental”, contou Sandra Di Croce Patricio, diretora de Sustentabilidade da CBVela.

A ação simboliza o compromisso da comunidade da vela com a preservação ambiental e a importância do engajamento coletivo para combater as mudanças climáticas e promover a sustentabilidade.

A ação contou com aproximadamente 30 participantes, sendo cerca de 15 colaboradores dos Laboratórios Pierre Fabre, empresa que detém a marca Avène, que participaram de forma voluntária.

Além disso, 15 profissionais ligados à vela estiveram presentes, representando tradicionais clubes da represa Guarapiranga, como o YCSA – Yacht Club Santo Amaro, Marina Sylvestre, Tempo Wind & Sup Clube e Clube de Campo do Castelo. Os participantes realizaram um exercício de respiração e conexão com a natureza ministrado pela velejadora Iris Fernandes Poffo, plantaram as mudas de árvores nativas da Mata Atlântica e puderam conhecer ações apoiadas pela Avène, em parceria com a confederação esportiva.

”A parceria de Avène com a CBVela tem como um dos objetivos amplificar a mensagem da sustentabilidade e promover ações concretas em prol do meio ambiente. Este é um propósito de Avène, que podemos tangibilizar através de nossos filtros biodegradáveis que não agridem a flora marinha. Estamos felizes também pela simbologia desta ação ocorrer na semana do meio ambiente”, destacou Flavianne Baptista, diretora de Marketing dos Laboratórios Pierre Fabre no Brasil.

Para Rogério Iório, Presidente Nacional do IBDN – Instituto Brasileiro de Defesa da Natureza, ONG responsável pela ação do plantio, essa é uma atitude que fica gravada na memória de quem participa.

”Esse parque é uma reserva da mata atlântica e muito relevante para o estado de São Paulo, pois é a mata ciliar do Rio Tietê. Aqui produzimos e plantamos 396 mil árvores de 50 espécies diferentes que vão viver por muitos anos. Nosso compromisso é atingir 500 mil plantios, queremos deixar um legado positivo para as futuras gerações desta cidade”.

Ao criar o Bosque da Vela, a CBVela busca inspirar outras comunidades e organizações a adotarem práticas sustentáveis em suas atividades diárias.
”Estou aqui representando os clubes de São Paulo nesta iniciativa da CBVela de sustentabilidade. O esporte à vela depende da natureza e cabe a nós essa responsabilidade de preservação”, disse Volnys Bernal, presidente da FEVESP – Federação de Vela de São Paulo.

Sobre a CBVela

A CBVela é a representante oficial da vela esportiva do país nos âmbitos nacional e internacional. É filiada à Federação Internacional de Vela (World Sailing) e ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

A vela é a modalidade com o maior número de medalhas de ouro olímpicas na história do esporte do Brasil: oito. Ao todo, os velejadores brasileiros já conquistaram 19 medalhas em Jogos Olímpicos.

A entidade foi a primeira confederação esportiva brasileira a integrar a Rede Brasil do Pacto Global da ONU e a incorporar a agenda global da sustentabilidade – a Agenda 2030, com seus 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) – ao seu planejamento estratégico.

Sobre o VelaID

Lançado em 2023, o VelaID é a principal plataforma de relacionamento entre todo o ecossistema da Vela Brasileira. A plataforma é voltada para velejadores e entusiastas que desejam estar conectados com o esporte. Entre as principais funcionalidades, a plataforma atuará como o principal HUB de eventos da entidade.

Para realizar o cadastro gratuito e conhecer os eventos da CBVela, acesse velaid.com.br

Foto: Flávio Perez | On Board Sports