Fórmula E: Antônio Félix da Costa é desclassificado e perde vitoria em Misano

0
44
formula e

Relatório técnico da FIA revela violação do Porsche 99X Electric GEN3 do piloto, resultando na sua desqualificação do E-Prix de Misano.

Vencedor do sexto E-Prix da temporada dez do Campeonato Mundial ABB FIA Fórmula E, o português António Félix da Costa (TAG Heuer Porsche) foi desqualificado e perdeu os 25 pontos conquistados na corrida realizada neste sábado (13), no Circuito de Misano, em Rimini, na Itália.

O campeão da sexta temporada, Félix da Costa, cometeu uma violação técnica após investigação da FIA – Federação Internacional de Automobilismo. Após a corrida, os comissários identificaram um problema com a mola do amortecedor do acelerador, que não estava em conformidade com as regulamentações da categoria dos carros elétricos.

Como resultado, os carros que estavam abaixo de da Costa na classificação original da corrida avançaram uma posição, significando que o britânico Oliver Rowland (Nissan) herda a vitória na corrida. A equipe TAG Heuer Porsche Formula E declarou sua intenção de recorrer e tem 96 horas para confirmar.

”O gerente da equipe e o representante do fabricante explicaram que desde o início da nona temporada, eles não mudaram a mola do amortecedor do acelerador. O Team Manager aceitou que a peça lacrada, conforme consta do anexo do Relatório Técnico 13, foi montada no Carro #13 e foi selada na presença do Mecânico Chefe da equipe. O Team Manager afirmou também que na lista Spark ( pedais) a parte selada não está listada”, afirmou a FIA em documento enviado horas depois do E-Prix.

”Ele explicou que normalmente as alterações do catálogo do Spark são destacadas para que todos possam ver as alterações, mas não as remoções. O Delegado Técnico da FIA confirmou este procedimento. Os representantes da Spark confirmaram que esta peça estava listada na lista de peças dos carros GEN2, mas não no atual carro GEN3. Eles também confirmaram que a retirada de peças desse catálogo não está destacada nem cancelada”.

”O competidor é responsável pela conformidade do carro e mesmo que não haja vantagem de desempenho, o carro tem que cumprir o Regulamento (Artigo 1.3.3 do Código Desportivo Internacional). Devido a este resultado, o carro foi desclassificado da corrida e os próximos carros subiram na classificação”.

O brasileiro Lucas di Grassi (ABT Cupra) herdou uma posição e marcou seu primeiro ponto na categoria em 2024. Sérgio Sette Câmara (ERT Formula E Team) ficou em 16º lugar em Misano.

Os 22 pilotos retornarão à pista de Misano às 10h, com transmissão pela TV Band e Grande Prêmio. A corrida terá 26 voltas, o que proporcionará mais emoção aos competidores.

Classificação do Mundial de Pilotos (completo aqui)

1º – Oliver Rowland – 80 pontos

2º – Jake Dennis – 71 pontos

3º – Maximilian Günther – 63 pontos

4º – Pascal Wehrlein – 63 pontos

5º – Nick Cassidy – 61 pontos

18º – Sérgio Sette Câmara – 3 pontos

19º – Lucas di Grassi – 1 ponto

Classificação do Mundial de Equipes (completo aqui)

1º – Jaguar TCS Racing – 113 pontos

2º – Andretti – 94 pontos

3º – Nissan – 90 pontos

4º – TAG Heuer Porsche – 83 pontos

5º – DS Penske – 69 pontos

9º – ERT FORMULA E TEAM – 17 pontos

10º – ABT CUPRA – 7 pontos

Sobre a Fórmula E e ‘ABB FIA Formula E World Championship’:

Primeiro campeonato mundial elétrico da FIA – Federation Internationale de l’Automobile, a Fórmula E desponta como único esporte neutro em carbono da história, certificado desde a concepção.

O Campeonato Mundial ABB FIA Fórmula E realiza corridas eletrizantes ao redor das cidades mais icônicas do mundo, onde tornou-se importante plataforma internacional para o desenvolvimento da tecnologia de veículos elétricos e a promoção da mobilidade limpa, através do automobilismo de alta-performance.

Na Fórmula E, equipes e parceiros unem-se pela paixão pelo esporte e pela crença no potencial para acelerar o progresso sustentável, criando um futuro melhor para as pessoas e para o planeta.

www.FIAFormulaE.com

Informações à imprensa: media@fiaformulae.com

Sobre a ABB:

A ABB é líder tecnológica em eletrificação e automação, permitindo um futuro mais sustentável e eficiente. As soluções da empresa conectam conhecimento de engenharia e software para otimizar processos de fabricação, transporte, alimentação e operação. Com mais de 130 anos de excelência, os cerca de 105.000 funcionários da ABB atuam comprometidos em impulsionar inovações que aceleram a transformação industrial.

www.abb.com

Foto: Formula E