Fórmula E gera 6 mil empregos na segunda passagem por São Paulo (SP)

0
44

Segundo a Prefeitura de São Paulo, E-Prix movimentou R$ 76 milhões de reais

O Campeonato Mundial ABB FIA Fórmula E voltou à cidade de São Paulo (SP) neste sábado (16) com a realização da quarta etapa da 10ª temporada do evento dos carros elétricos. O Sambódromo do Anhembi, na zona norte, recebeu mais de 20 mil pessoas, que acompanharam a vitória do britânico Sam Bird (NEOM McLaren), que ultrapassou o neozelandês Mitch Evans (Jaguar TCS Racing) na penúltima curva, após 34 voltas de E-Prix.

O evento contou com a presença de ídolos e personalidades do esporte a motor, como Emerson Fittipaldi, Felipe Massa, Bernie Ecclestone (ex-chefe da Fórmula 1), Alejandro Agag (fundador da Fórmula E), além dos anfitriões do mundial dos carros elétricos: prefeito Ricardo Nunes e o presidente da SPTuris, Gustavo Pires.

Dados da Prefeitura de São Paulo apontam que a corrida gerou 6 mil empregos diretos nesta segunda passagem, além de movimentar mais de R$ 74 milhões.

”A cidade de São Paulo é única no mundo a sediar a corrida da Fórmula E, além da Fórmula 1 e do WEC. Esses eventos são importantes para a cidade. Esse evento é transmitido em 190 países, o que é uma excelente promoção para São Paulo”, ressaltou o prefeito Ricardo Nunes.

Vale reforçar que a Fórmula E está garantida em São Paulo (SP) por mais três temporadas. Segundo Gustavo Pires, presidente da SPTuris – São Paulo Turismo, este ano, por ser mais conhecido e com as mudanças que os organizadores fizeram, como a Fan Village e a festa depois da corrida, gratuita e aberta a todo o público presente, houve crescimento de pelo menos 50% no resultado.

“A segunda edição em São Paulo mostrou uma grande evolução, permitindo ao público desfrutar de um dia inteiro de programação. Além da competição automobilística e da discussão sobre mobilidade elétrica, a cidade passa a contar com mais um evento exclusivo e de qualidade, reforçando positivamente sua imagem no Brasil e no mundo”, disse Gustavo Pires, presidente da SPTuris – São Paulo Turismo.

As autoridades paulistanas foram recebidas pelo co-fundador da Fórmula E, Alberto Longo. O espanhol foi um dos responsáveis pela realização da corrida em São Paulo. Longo destacou a parceria de longo prazo entre a cidade e a corrida.

”É o melhor venue para nós. Nós podemos crescer massivamente aqui. Temos que ficar no Brasil. Estamos nas ruas, no centro da cidade. Nós não causamos problemas para a cidade no Sambódromo e a estrutura é toda próxima”.

A próxima etapa do Campeonato Mundial ABB FIA Fórmula E será em Tóquio, no Japão, em 30 de março. Será a primeira vez que os carros elétricos vão correr pelas ruas da capital japonesa.

O Mundial dos carros elétricos ainda terá provas em Misano (Itália), Mônaco, Berlim (Alemanha), Xangai (China), Portland (EUA) e Londres (Inglaterra).

Sobre a Fórmula E e ‘ABB FIA Formula E World Championship’:

Primeiro campeonato mundial elétrico da FIA – Federation Internationale de l’Automobile, a Fórmula E desponta como único esporte neutro em carbono da história, certificado desde a concepção.

O Campeonato Mundial ABB FIA Fórmula E realiza corridas eletrizantes ao redor das cidades mais icônicas do mundo, onde tornou-se importante plataforma internacional para o desenvolvimento da tecnologia de veículos elétricos e a promoção da mobilidade limpa, através do automobilismo de alta-performance.

Na Fórmula E, equipes e parceiros unem-se pela paixão pelo esporte e pela crença no potencial para acelerar o progresso sustentável, criando um futuro melhor para as pessoas e para o planeta.

www.FIAFormulaE.com

Informações à imprensa: media@fiaformulae.com

Sobre a ABB:

A ABB é líder tecnológica em eletrificação e automação, permitindo um futuro mais sustentável e eficiente. As soluções da empresa conectam conhecimento de engenharia e software para otimizar processos de fabricação, transporte, alimentação e operação. Com mais de 130 anos de excelência, os cerca de 105.000 funcionários da ABB atuam comprometidos em impulsionar inovações que aceleram a transformação industrial.

www.abb.com

Foto: Daniel Deak/ SPTuris