André Baran, número 1 do Brasil, encerra Copa do Mundo de Beach Tennis com cinco vitórias

0
71

Catarinense integrou a equipe nacional nas duplas masculinas e duplas mistas ao longo do torneio. Título desta edição foi dividido entre brasileiros e italianos por causa da forte chuva que cancelou o terceiro e último jogo da final, neste domingo (10)

O catarinense André Baran – número 1 do Brasil e terceiro do mundo – disputou cinco partidas de duplas masculinas e uma de mistas pelo Time BRB Brasil na Copa do Mundo de Beach Tennis, conquistando cinco vitórias. A competição foi encerrada neste domingo (10), na Represa de Guarapiranga, em São Paulo (SP). Um temporal na capital paulista impediu a realização do terceiro e último jogo da decisão, o de duplas mistas, no confronto entre Brasil e Itália. Baran jogaria ao lado de Rafa Miiller, mas a chuva deixou a quadra sem condições e os organizadores decidiram por declarar empate na final, com o título dividido entre os dois países.

Baran é tricampeão da Copa do Mundo, integrando a equipe brasileira nas conquistas de 2019, 2021 e 2023. Jogou, ainda, em 2022 (vice-campeonato). Com o empate desta edição, o Brasil é, agora, pentacampeão mundial e a Itália ficou com o hexa. Os brasileiros comemoraram em 2013, 2018, 2019, 2021 e 2023.

Assim, na final deste domingo, Baran disputou apenas duplas masculinas, com Allan Oliveira (11 do mundo). A vitória foi dos italianos, com Michele Cappelletti (cinco do mundo) e o líder do ranking, Mattia Spoto: 6/1 e 6/3. Já nas duplas femininas, o Brasil ganhou com Vitória Marchezini e Rafa Miiller, diante de Giulia Gasparri e Nicole Nobile: 6/1 e 6/4.

“Foi uma semana de muita entrega, time unido, grandes batalhas e chegamos prontos para dar o nosso melhor no confronto contra a Itália. Uma final equilibrada, para ser decidida nas mistas. Pena que não pudemos jogar por causa da chuva, desejávamos um desfecho diferente. Mas, as decisões tomadas nesse evento em específico levaram em conta as alternativas disponíveis, as regras vigentes e a necessidade de preservar a integridade física dos atletas, considerando as condições climáticas”, afirmou Baran, que tem o patrocínio da Havan, Praia Clube, Qualicoco, Alto Giro, Grupo Urca, Oakley, Kona, Dauf e DaColônia.

A campanha – O Time BRB Brasil encerrou invicto a fase de grupos (venceu Argentina, Estados Unidos e Chile) e, na sequência, derrotou a Venezuela, nas quartas de final, e a França, na semifinal, para chegar à decisão deste domingo. Para garantir lugar na final, Baran e Allan passaram pela dupla que conta com o líder do ranking, Nicolas Giannotti, que jogou ao lado de Mathieu Guegano. E a equipe brasileira fez história ao conquistar, pela primeira vez, o título juvenil da Copa do Mundo de Beach Tennis, em final também contra a Itália.

A Copa do Mundo integra o calendário da Federação Internacional de Tênis (ITF). Participaram 16 países, em duplas masculinas, femininas e mistas. No masculino, a equipe do Brasil foi formada por André Baran, Allan Oliveira e Daniel Mola. Entre as mulheres jogaram Rafa Miiller, Sophia Chow e Vitória Marchezini. Os jogos tiveram transmissão do SporTV 3 e, também, do YouTube do @nsports.

Foto: Matheus Toledo da Silva / Divulgação