XP Sertões Kitesurf define campeões

0
132
Alex Neto comemorou o bicampeonato na Pro Masculino (Ale Carnieri/Sertõe

Terceira edição do maior rally de longa duração da modalidade no mundo terminou neste sábado na Fazenda Moreias, em Camocim. O cearense Alex Neto conquistou bi na Pro Masculino. No feminino, festa argentina com Julieta Biasotti. Paradisíaco litoral do Ceará foi o palco da competição.

Foram cinco dias de velejo por uma região de belos visuais e, principalmente, muito vento. Cinco etapas desafiadoras, capazes de testar não só a técnica, mas também resistência física e mental. Um desafio digno do maior rally de longa duração de kitesurf do planeta. O XP Sertões Kitesurf chegou ao fim  sábado (16) na paradisíaca Fazenda Moreias, em Camocim (CE), consagrando campeões mais que merecidos. E deixando gosto de quero mais.

Na Pro Masculino, Alex Neto começou o dia com o título virtualmente assegurado (podia descartar o resultado da última etapa), mas não reduziu o ritmo. O kitesurfer do Cumbuco voltou a vencer em um dia com 75 quilômetros de percurso iniciado no Rancho do Kite, no Preá, em Cruz. De vento abundante no começo, mas mais fraco a partir da passagem pela Pedra Furada, em Jericoacoara, e com direito a trechos de upwind no começo e no fim. Netinho superou mais uma vez Yaron Moura – o duelo entre os cearenses foi intenso -; para chegar ao bicampeonato. O terceiro lugar também teve muito a comemorar. Júnior Farinha vem de um difícil período de quimioterapia e não escondeu as lágrimas ao completar o XP Sertões Kitesurf.

Entre as mulheres, a argentina Julieta Biasotti também tinha o primeiro lugar mais do que encaminhado e, depois de vencer na Elite em 2022, desta vez levou na Pro. Gaby Reynard foi a mais rápida na quinta etapa, dando trabalho até o fim à grande campeã. Jovem talento da modalidade, a piauiense Bia Silva ficou com a terceira posição final.

A Elite também consagrou um bicampeão: Bruno Simão, que fez a diferença com os resultados dos primeiros dias e administrou bem a vantagem.

As demais categorias velejaram 65km e também precisaram fazer força. Na Adventure Masculino, Marcos Botelho superou rivais mais jovens e comemorou o título com vitória neste último dia. Mesmo caso de Bela Furtado. A mineira brilhou em sua primeira competição de kite, superando adversárias igualmente qualificadas. Na Master, a festa foi de Eduardo Botelho, irmão de Marcos, garantindo a comemoração em família.

O capixaba Fernando Giestas superou os problemas da terceira etapa (foi desclassificado por perder uma boia) para dominar a Gran Master e confirmar a condição de único a conquistar títulos nas três edições. A baiana Cândida Liberato foi para o alto do pódio na Gran Master Masculino.

Kauan Grubert levou a melhor na acirrada disputa da Pro Jr. No Wing Foil, modalidade que estreou este ano na competição, o paulista Rafael Rodrigues, o Fafá, superou dois adversários de grande experiência: Thomas Floricke e Levi Lenz. No feminino, Letícia Nakiri foi a campeã.De

Marcelo Gervini (diretor-técnico)

“Uma sensação indescritível saber que percorremos quase 500 quilômetros sem nenhum percalço, todos inteiros e com vento intenso todos os dias. O Sertões Kitesurf foi um grande desafio, este é o terceiro ano do projeto. Nos dois primeiros nosso foco foi ser maior do mundo, agora viemos com a ideia de não só ser o maior, mas também com o mais duro, levando o kite para outro patamar, tirando toda performance tática e desempenho dos atletas. Foi uma uma guerra, mas ela foi vencida. Temos nossos campeões e agora nos prepararmos para o Sertões 2024. Essa família cresce a cada dia e vamos sempre buscar entregar o melhor”.

 Depoimentos – 

Alex Neto (campeão Pro Masculino)

“Ano passado já foi uma prova difícil, nesse foi ainda mais. Eu estava treinado, focado, descansado e consegui manter uma ótima performance para garantir o segundo título do Sertões. Agora é comemorar”.

Julieta Biasotti (campeã Pro Feminina)

“Eu vim para competir e me divertir. Já corri maratonas, fiz provas longas, mas nada se compara a essa. Usei toda a força que eu tinha desde o começo e, na segunda regata do Preá (sexta-feira) gastei o que tinha e o que eu não tinha para garantir o título. É incrível”.

Kauan Grubert (campeão Pro Jr.)

“Muito legal ser campeão, mas estou cansado. Foi bem difícil”.

 

Bruno Simão

“Campeão pela segunda vez. Que prova sensacional, eu poderia morrer agora”.

Marcos Botelho (campeão Adventure Masculino)

“Não imaginava ser campeão competindo com uma turma 20 anos mais nova. Foi uma semana maravilhosa, um velejo perfeito”.

Bela Furtado (campeã Adventure Feminina)

“Incrível ser campeã em minha primeira prova de kite, estou muito feliz. A experiência que eu trouxe do mountain bike e do triatlo me ajudou muito, já que aqui também foi um desafio de endurance. Parabéns à organização pelo evento, adorei as aventuras, as amizades, foi tudo maravilhoso”.

Eduardo Botelho (campeão Master)

“Só tenho a agradecer, especialmente terminando nesse lugar lindo que é Moreias, e fazendo festa em família”

Fernando Giestas (campeão Gran Master Masculino)

“Terceiro título. Não é fácil competir aqui sem conhecer tanto a região, que é maravilhosa. São muitas pedras e obstáculos, mas felizmente consegui. Essa última regata foi muito difícil”

Cândida Liberato (campeã Gran Master Feminino)

“Isso aqui é acima de tudo uma grande diversão, começou para mim como uma brincadeira, mas virou uma transformação de vida. O que eu vivo aqui me faz melhorar como pessoa. Quem consegue completar essa prova é merecedor. Com 55 anos, tudo que vier é lucro”.

Letícia Lazzari (campeã Wing Feminina)

“Foi um desafio fazer o Sertões de Wing. Muito bom ser campeã, mas meu principal objetivo é fomentar o esporte. Que venham muitas meninas mais no ano que vem”.

Fafá Rodrigues (campeão Wing Masculino)

“Fizemos a prova mais rápida do que eu imaginava, muito bom ser o primeiro campeão da categoria”.

 Resultado

XP Sertões Kitesurf

DIA 5 – 16/9

Elite/Pro – 75 KM – Cruz (Preá/Rancho do Kite) -> Camocim (Fazenda Moréias)

Adventure/Master/GranMaster/ProWing/ProJr – 65 KM – Cruz (Preá/Rancho do Kite) -> Camocim (Fazenda Moreias)

 

Resultados

Pro Masculino

1) Alex Neto

2) Yaron Moura

2) Júnior Farinha

 

Pro Feminino

1) Gaby Reynard

2) Julieta Biasotti (ARG)

3) Bia Santos

 

Elite

1) Edson Zandonadi

2) Pedro Hajjar

3) Fabão Câmara

 

Pro Jr.

1) Kauan Esmerino

2) Pedro Morais

3) Marcos Rodrigues

 

Adventure Masculino

1) Marcos Botelho

2) Felipe Delgado

3) João Gurgel

 

Adventure Feminino

1) Bela Furtado

2) Aysu Bilgin (TUR)

3) Andressa Monteiro

 

Master

1) Eduardo Botelho

2) André Diniz

3) Manoel Alencar

 

Grand Master Masculino

1) Philippe Cardis (SUI)

2) Fernando Giestas

 

Classificação final

Pro Masculino

1) Alex Neto

2) Yaron Moura

3) Júnior Farinha

4) Jailson Sena

5) Gerlano Torres

 

Pro Feminino

1) Julieta Biasotti

2) Gaby Reynard

3) Bia Santos

4) Liege Laurentino

5) Luísa Stradiotto

 

Elite

1) Bruno Simão

2) Edson Dener Zandonadi

3) Fabão Câmara

4) Pedro Hajjar

5) Emmanuel Nóbrega

 

Pro Jr.

1) Kauan Grubert

2) Pedro Morais

3) Marcos Rodrigues

4) Lukinhas Maciel

 

Adventure Masculino

1) Marcos Botelho

2) João Gurgel

3) Bruno Domingues

4) Felipe Delgado

5) Tallis Gomes

 

Adventure Feminino

1) Bela Furtado

2) Aysu Bilgin (TUR)

3) Andressa Monteiro

4) Ale Brochado

 

Master

1) Dudu Botelho

2) Manoel Alencar

3) André Diniz

4) Ricardo VV

5) Romu Pereira

 

Gran Master Masculino

1) Fernando Giestas

2) Philippe Cardis (SUI)

3) Adriano Lopes

4) Said Aiach Neto

5) Vítor Pereira (POR)

 

Gran Master Feminino

1) Cândida Liberato

 

Wing Masculino

1) Fafá Rodrigues

2) Thomas Floricke

3) Levi Lenz

4) José Sampaio

 

Wing Feminino

1) Letícia Nakiri