XP Sertões Kitesurf chega à sua terceira no Ceará

0
121

Depois do da realização da quinta edição do Molokabra   evento náutico de esporte de vento realizado em Fortaleza agora é a vez do  XP Sertões Kitesurf chega à sua terceira edição  que está acontecendo desde de 11 e vai até 16 deste mês e já se consolida como um dos principais eventos da modalidade.

Os competidores chegam à praia do Cumbuco nesta segunda feira (11/9) para os procedimentos administrativos.

Desde 2021, quando tudo começou, a lista de inscritos para o maior rally de kitesurf de longa duração do planeta inclui campeões mundiais e velejadores de destaque, além de competidores de outros países.

Desta vez não será diferente. O mar do Ceará será o palco para um desfile de feras que inclui representantes do Reino Unido, França, Turquia, Portugal, Suíça, República Dominicana e Argentina. Além, é claro, de grandes nomes brasileiros. O que projeta uma disputa de altíssimo nível técnico no percurso que se iniciará no Kite Cabana, em Cumbuco, e terminará na Fazenda Moreias, em Camocim.

Na Elite masculina (destinada aos profissionais), os dois primeiros campeões da prova estão de volta, dispostos a desempatar o duelo. O carioca Reno Romeu, especialista em freestyle/big wave e campeão mundial, mostrou uma adaptação rápida ao downwind de grandes distâncias para levar a melhor na primeira edição. No ano passado, foi a vez do cearense Alex Neto, local do Cumbuco, levantar o troféu de primeiro colocado.

Os dois não são os únicos candidatos a levar o título e precisarão velejar tudo o que sabem. Conhecido como ‘La Pantera Negra’, o dominicano Deury Corniel traz no currículo os títulos Mundial Júnior e dos Jogos Olímpicos da Juventude, além de ser vice mundial de Freestyle.

Na Pro, os brasileiros – em especial os atletas locais, sempre muito fortes no XP Sertões Kitesurf -; terão como adversário o francês Theo Demanez, nascido em Saint-Martin, no Caribe, é hoje um dos destaques no ranking da Global Kitesurf Association (GKA).

Já no feminino, a grande novidade é a participação da britânica Hannah Whiteley. Campeã mundial na Speed e vice na Big-Air, ela foi eleita por quatro anos a melhor kitesurfista do mundo. Promete dar bastante trabalho à atual campeã Gabi Reynard. A paulista radicada no Preá, onde é instrutora de velejo, tem a seu favor o fato de conhecer o litoral cearense como poucas.

Uma atração à parte é a Pro Jr., destinada à nova geração. E também à novíssima. O fluminense Luccas Maciel Santos Filho, o Lukinhas, quer mostrar que, com apenas sete anos de idade, tem resistência e habilidade de gente grande.