Definidos os campeões do Brasil Centro de Optimist 2023

0
109

O Campeonato Brasil Centro de Optimist 2023 foi definido neste fim de semana no YCSA – Yacht Club Santo Amaro, em São Paulo (SP). Foram realizadas dez regatas para as categorias Estreantes e Veteranos nas raias da Represa do Guarapiranga.

A competição de férias escolares de inverno reuniu mais de 80 jovens atletas de 7 a 15 anos. Os destaques da categoria geral, ou seja, os melhores do evento foram Lucas de Araújo Vianna (ICSC) e Gabriella Ono Sasaki (EVI) entre os Estreantes e Pedro Szabo (CDJ) e Roberta de Oliveira (CDJ) entre os Veteranos.

Foram premiados os vencedores de cada faixa etária também como mirim, infantil e juvenil. A classe Optimist é de introdução à vela e seus campeonatos são concentrados geralmente nas férias escolares de inverno e verão.

”Agradeço e parabenizo todos clubes, pais e velejadores participantes. Sem dúvida, o mais importante para o YCSA foi reunir toda essa juventude! Conseguir inserir as crianças no esporte e consolidar amizades para o resto da vida é uma grande  satisfação para nós!”, explicou Ricardo Barbosa, capitão da flotilha da Garoa, YCSA.

As regatas do Campeonato Brasil Centro de Optimist contaram com crianças e adolescentes de vários estados, como Bahia, Brasília, Paraíba, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, além dos paulistas.

As provas começaram na quarta-feira (5) e foram supervisionadas no YCSA por técnicos, instrutores e os pais, que lotaram as dependências do clube paulista para acompanhar seus pequenos campeões.

”Meu filho começou a velejar no final do ano passado. Ele veio para o YCSA e encontrou um ambiente muito legal para velejar e aprender. Feliz que ele levantou a taça tão importante do  YCSA. O Davi está muito feliz e eu orgulhoso”, comemorou Rafael Sugai, pai do Davi Sugai, um dos destaques do evento.

O campeonato foi promovido pelo YCSA, OPTIBRA, COSP – Classe Optimist de São Paulo e FEVESP – Federação de Vela do Estado de São Paulo.

 

Foto: Caio Souza | On Board Sports

Resultados gerais do veterano

Veterano Feminino
1ª – Gabriella Ono Sasaki (EVI)
2ª – Zoe Bakx (YCSA)
3ª – Lara Miuki (ICSC)

Veterano Geral
1º – Lucas de Araújo Vianna (ICSC)
2º – Theo Sartor (ICSC)
3º – Davi Ferlin Sugai (YCSA)

Feminino Mirim
1ª – Sofia Paradeda (ICSC)
2ª – Stella Vieira (EVI)

Masculino Mirim
1º – Pedro Araújo Rodrigues (ICB)
2º – Felipe Hutzler (CICP)
3º – Oliver Durrich (YCSA)

Feminino Infantil
1ª – Gabriella Ono Sasaki (EVI)
2ª – Lara Miuki (ICSC)
3ª – Uma Creixell (CDJ)

Masculino Infantil
1º – Lucas de Araújo Vianna (ICSC)
2º – Davi Ferlin Sugai (YCSA)
3º – Vitório Peres (EVI)

Feminino Juvenil
1ª – Zoe Bakx (YCSA)
2ª – Beatriz Raposo (CICP)
3ª – Sarah Biekcark (YCSA)

Masculino Juvenil
1º – Theo Sartor (ICSC)
2º – João Pedro Matta (YCSA)
3º – Luca Zanuncio (YCSA)

Resultados gerais do veterano

Estreante Feminino
1ª – Roberta de Oliveira (CDJ)
2ª – Lis Sugai (YCSA)
3ª – Ester de Freitas (EVSS)

Estreante Geral
1º – Pedro Szabo (CDJ)
2º – Enrico de Lion (YCSA)
3º – Matias Papanicolau (CDJ)

Feminino Mirim
1ª – Roberta de Oliveira (CDJ)
2ª – Lis Sugai (YCSA)
3ª – Mariana Nunes (YCSA)

Masculino Mirim
1º – Sérgio Menegasso (ICB)
2º – Mateus Medeiro (YCSA)
3º – Lucas de Souza (ICB)

Masculino Infantil
1º – Pedro Szabo (CDJ)
2º – Enrico de Lion (YCSA)
3º – Matias Papanicolau (CDJ)

Feminino Juvenil
3ª – Ester de Freitas (EVSS)

Masculino Juvenil
1º – Santiago Heinz (YCSA)
2º – Vitor Yukimassa (EVSS)
3º – Hisbello de Andrade (CICP)

Sobre o YCSA

Localizado na cidade de São Paulo (SP) às margens da Represa Guarapiranga, o YCSA é cercado por muito verde, compondo um cenário natural perfeito para a prática do iatismo. Berço de vários campeões mundiais, o YCSA carrega a tradição de uma biografia admirável ao lado da modernidade de suas instalações e barcos.

Fazer parte desse clube é ajudar a escrever uma história que começou em 1930 e que, desde então, tem marcado a vida de cada associado. Com estrutura náutica privilegiada, o clube conta com hangares modernos para estadia de embarcações à vela e motor, escola de vela com embarcações próprias, rampa de 25 metros de largura com baixa inclinação de acesso à represa, deck e píer com maravilhosa vista da represa, trator e guindaste para transporte de embarcações, marinheiros bem treinados e lanchas e botes de apoio.

Com 24 mil m² repletos de natureza, o YCSA é conhecido dentro e fora do país por sua estrutura náutica de ponta, oferecendo as melhores condições para o aprendizado e prática da vela. O clube é reconhecido não só pelos seus atletas campeões, mas também por sediar eventos de vela nacionais e internacionais.