Desafio dos Gigantes fica marcado por clima familiar

0
97

O Desafio de Gigantes Internacional, que terminou no último domingo (12), no Villa Itaipava, na Região Serrana do Rio de Janeiro, ficou marcado pelo clima familiar dentro e fora das pistas.

Foram três dias de evento, que deu pontos para Paris-2024, mas também entreteve muita gente. Houve quem preferisse acompanhar a corrida de pertinho, mas também teve muito fã acompanhando pelo telão. O evento ainda organizou outras opções de lazer, como food trucks, pedalar ou comprar acessórios de bikes.

“A Avelar Sports sempre pensa nos projetos como passeios. É para receber toda a família, com alimentação, área kids, tendas com cobertura, locais de fácil acesso, Internet. Tudo isso é para promover o maior conforto  possível”, celebra Felipe Avelar, idealizador da Avelar Sports.
A transmissão também foi pensada para dar conforto às famílias. A Avelar Sports contou com 40 funcionários só para transmitir e fez uma grande  cobertura no Youtube, com bolões, mais de 200 mil visualizações, 14 câmeras, 3 drones e até helicóptero.
Famílias nas competições
O clima familiar também foi visto nas competições. Foram vários casos de familiares que competiram juntos, como é o caso de Hugo Prado Neto, que já passa o amor pelos pedais aos seus filhos. Ele, aliás, foi um dos comentaristas do evento.
“Meus dois filhos também correram, o Francisco, de 3 anos, e a Maria, de 7. E eu corro há mais de 25 anos. É o meu trabalho também. Sou treinador e empresário no ramo. Para mim, é muito importante colocá-los nesse universo também. Eles acordam e me enxergam já com roupa de bicicleta, o que vai ficando no cérebro deles”, conta Hugo Prado Neto, que ganhou a sua corrida de XCO, na categoria B2 Classe 1, no domingo (12).
Nas pistas, os destaques ficaram por conta de Luiz Henrique Cocuzzi e Raíza Goulão, que venceram as duas grandes provas do XCO, na sexta-feira (10) e no domingo (12). Já no sábado, quando eles optaram por não competir, foi dia de provas no XCC, onde os vencedores foram José Gabriel e Karen Olímpio.
Luiz Henrique Cocuzzi é, aliás, é um ótimo exemplo de como família e esporte andam juntos, já que faz parte do Lar Cocuzzi onde milhares de crianças já passaram por lá e além de acolhimento receberam incentivo ao esporte.