Martine e Kahena valorizam período de preparação na Espanha

0
123
Martine Grael e Kahena Kunze
Martine Grael e Kahena Kunze - Barco

Principais velejadoras do Brasil, Martine Grael e Kahena Kunze representaram o país na Lanzarote International Regatta 2023, na Marina Rubicón, nas Ilhas Canárias, na Espanha, em uma etapa importante da preparação para a corrida rumo a Paris 2024. As bicampeãs olímpicas ficaram em quarto lugar na regata-treino, que começou na última sexta e foi até a segunda-feira passada (13).

A competição foi atípica, com cinco regatas, e algumas canceladas por conta do tempo. As brasileiras terminaram com 26 pontos perdidos, apenas dez atrás da dupla britânica formada por Freya Black e Saskia Tidey, campeãs. Martine e Kahena terminaram a medal race em segundo lugar.

”A gente ficava dois minutos para um lado para tentar achar a boia, e dois para o outro. Mas foi um campeonato bem interessante pelas condições que pegamos no segundo dia de competição. Agora, é ter uma pausa e seguir na luta”, comentou Martine.

A treinadora Martha Rocha valorizou a superação das adversidades, além do reforço no entrosamento da dupla, campeã olímpica em 2016 e 2021. Agora, Martine e Kahena seguem na Espanha, treinando no continente dos próximos Jogos Olímpicos.

”A competição foi bem atípica, com muito vento, onda e má visibilidade devido à poeira que vem do Deserto do Saara. Mas para nós foi muito bom como treino, dentro dos objetivos desse momento do ciclo, desenvolvendo questões de regulagens e equipamentos, além de um bom trabalho de equipe e comunicação a bordo. Ficamos todos satisfeitos com o que trabalhamos aqui e com nossas análises”, contou Rocha.

Calendário cheio

O calendário de Martine e Kahena para 2023 está extenso! Entre os dias 8 a 23 de agosto, disputarão o Mundial de Vela, em Haia, na Holanda. O torneio define as primeiras vagas para os Jogos Olímpicos de Paris. As demais serão preenchidas nos Jogos Pan-Americanos de Santiago do Chile, entre outubro e novembro. A vela brasileira terá a cidade de Algarrobo como sede.

Além do Mundial e do Pan Americano, as velejadoras têm muitos compromissos no ano, com agenda cheia de treinos e outras competições. De 31 de março a 8 de abril, terão o primeiro grande evento do ano, o Troféu Princesa S.A.R. Sofía, em Palma de Maiorca, na Espanha.

Dias depois, ainda na Europa, elas têm a Semana de Vela de Hyères, na França, de 22 a 30 de abril. Essas competições são consideradas Grand Slams da vela e reúnem as principais atletas do mundo da classe 49erFX. Já de 8 a 13 de novembro, elas disputarão o Campeonato Europeu, em Vilamoura (POR).

Já na agenda de treinos, destaca-se o período de 8 a 14 de julho, quando elas participarão de um evento-teste de aprovação da raia olímpica dos Jogos Olímpicos de Paris-2024. A presença delas, porém, será na cidade francesa de Marselha. A previsão para chegar à Holanda e treinar de olho no Mundial é no dia 27 do mesmo mês.

Sobre Martine Grael e Kahena Kunze

Uma das parcerias mais vitoriosas da vela mundial, Martine e Kahena têm mantido o Brasil no patamar dourado da modalidade nas últimas décadas. Filhas dos icônicos Torben Grael e Cláudio Kunze, respectivamente, as atletas conquistaram o primeiro título juntas em 2009, o do Mundial Júnior da classe 420.

Após quatro anos em rumos distintos, elas retomaram a dupla em 2013 e trilharam um caminho de sucesso, que teve como pontos altos os ouros nos Jogos Olímpicos Rio 2016 e Tóquio 2020, além do título mundial de 2014, os vice-campeonatos mundiais de 2013, 2015, 2017 e 2019, e a conquista dos Jogos Pan-Americanos Lima 2019, entre outros.

Em busca do tricampeonato olímpico, as velejadoras contam com o patrocínio de Prada, Energisa, Magic Marine e Gottifredi Maffioli, além de serem apoiadas pelos programas Bolsa Atleta e Lei de Incentivo ao Esporte (LIE) e CBVela.