Marco Zero de Recife (PE) foi palco da largada da Globe 40

0
117

A largada da sétima etapa da volta ao mundo Globe 40 foi realizada neste domingo (5) no Marco Zero, cartão-postal de Recife (PE). Os quatro veleiros restantes na competição saíram para a caribenha Granada pontualmente às 15h.

Os turistas deram adeus aos times ao som de blocos de Maracatu, que estavam no ponto turístico nordestino. As duplas terão pela frente mais de 2 mil milhas náuticas para percorrer o Atlântico. A etapa deve demorar até 10 dias.

Durante a stopover na capital pernambucana, o público também pode fazer uma visitação, de forma gratuita, aos veleiros na Recife Marina.

A penúltima etapa da Globe 40 tem papel fundamental na classificação geral do campeonato. Após as seis primeiras etapas da volta ao mundo, a tabela indica o holandês Sec Hayai na liderança com 27 pontos perdidos.

Na sequência aparecem os norte-americanos do Amhas (30 pontos), os japoneses do Milai (36), os norte-americanos Gryphon Solo 2 (48) e os canadenses do Wisckey Jack (63 pontos).

”A regata Globe 40 têm coeficientes para cada regata, quanto mais longa e difícil, mais uma vitória tem peso. Por isso, mesmo vencendo em Granada não podemos confirmar o título. tudo pode acontecer numa travessia dessa. Vamos velejar com bastante atenção”, disse o holandês Frans Budel, do Sec Hayai.

Os japoneses do Milai, que brigavam pelo título regata a regata bateram no início da etapa da Argentina para o Brasil em um objeto não identificado no mar e não conseguiram voltar ao campeonato ainda.

Depois de Granada, os barcos vão para a perna final até Lorient, na França. Ao todo, a Globe 40 conta com 30 mil milhas náuticas e tem nove meses de duração. Os países Marrocos, Cabo Verde, Ilhas Maurício, Polinésia Francesa, Nova Zelândia e Argentina já sediaram uma stopover.

”A etapa brasileira foi importante para a Globe 40 e a recepção foi ótima como sempre. Esperamos voltar e ter um barco brasileiro na próxima edição, que será em 2025”, disse Manfred Rampacher, CEO da Globe 40.

A Globe 40 é uma realização da empresa francesa Sirius Events, com suporte na organização da etapa de Recife da Federação Pernambucana de Vela (FPVela), apoio do Cabanga Iate Clube de Pernambuco, Recife Marina e Hotel Novotel Recife Marco Zero (inauguração este ano), TV Tribuna, All e Ibis Recife Boa Viagem (parceiros oficiais de hotelaria) com patrocínio da Prefeitura do Recife e Qair Brasil.