Natação: Matheus Gonche encerra Brasileiro Sênior com quatro medalhas

0
165
Matheus Gonche venceu os 100m e 200m borboleta (Foto: Ricardo Sodré/SSPRESS/CBDA)

O atleta olímpico Matheus Gonche encerrou o ano de competições oficiais com quatro medalhas no Campeonato Brasileiro Sênior, o Troféu Daltely Guimarães, realizado na piscina do Clube de Regatas do Flamengo no Rio de Janeiro (RJ).

Na competição, que terminou neste sábado (11), o atleta natural de Resende (RJ) conquistou dois ouros em provas individuais: 100 metros e 200 metros borboleta, além da medalha de ouro no revezamento 4x200m livre e o bronze no revezamento 4x100m livre, com o time do SESI SP.

Matheus Gonche no pódio
(Divulgação)

Além das provas de borboleta, sua especialidade, o nadador aproveitou a oportunidade e voltou a competir os 100 e 200 metros crawl.

“Gostei bastante do Campeonato, nadei provas diferentes, 100 m e 200 metros livre, foram  tempos bastante satisfatórios já que fazia tempo que eu não nadava essas provas e foi uma oportunidade que eu tive de retornar a nadar crawl”.

“No período da manhã fiz um bom tempo no 100 m borboleta e garanti o ouro, no período da tarde tive oportunidade de nadar novamente melhorando ainda mais, conseguindo fazer o meu terceiro melhor tempo da vida. Fiquei bem feliz, assim como os 200 metros borboleta,  também fiquei muito satisfeito com o resultado”, comentou Matheus.

Esta foi a última competição oficial do ano para o atleta que participa neste domingo (12) da Travessia Poliana Okimoto, a convite da medalhista olímpica.

“Estou empolgado com a competição deste domingo. Espero me divertir, encontrar amigos, conhecer gente nova e curtir o ambiente da prova”, finalizou Gonche, que já viajou para o Guarujá (SP).

Em 2021, o  nadador conquistou quatro medalhas nos Jogos Pan-Americanos Júnior,  em Cali, na Colômbia, no início do mês. Ele venceu os 200 metros borboleta e ficou em segundo lugar na prova dos 100 metros borboleta, além de ter ajudado o time brasileiro a conquistar o ouro no revezamento 4×100 metros medley misto e a prata no 4×100 metros medley masculino.

Na seletiva olímpica, realizada em abril, Matheus Gonche nadou a prova dos 100 metros borboleta em 51s94, abaixo do índice de 51s96, e conquistou a vaga para seus primeiros Jogos Olímpicos da carreira, realizado em Tóquio.

Sobre Matheus Gonche

Especialista no nado borboleta, Matheus Gonche acumula grandes resultados nas categorias de base da natação. Ele é apoiado pela On Board Sports e Kpaloa. O atleta, natural de Resende (RJ), foi eneacampeão brasileiro (nove vezes) nos 200 metros borboleta, sua prova principal, e octacampeão (oito vezes campeão) dos 100 metros borboleta nas categorias de base da natação.

Ele estreou em seus primeiros Jogos Olímpicos na Olimpíada do Japão na manhã do dia 29 de julho, no Centro Aquático de Tóquio. Aos 22 anos, Gonche nadou as eliminatórias dos 100 metros borboleta e fez o tempo de 53s02 na quarta bateria das eliminatórias, passando os primeiros 50 metros com 24s73.

Na seletiva olímpica, realizada em abril, Gonche nadou a prova dos 100 metros borboleta em 51s94, abaixo do índice de 51s96, e conquistou a vaga. O nadador foi o único da equipe paulista confirmado em provas individuais.

Acesse o site do atleta
www.matheusgonche.com.br