Coluna da Michele Gargano : O seu pet enjoa dos brinquedos facilmente

0
33
Michele Gargano CRMV-RJ 16.777, médica veterinária formada pela UFRRJ, especializada em prevenção e co-fundadora da empresa Chama Vet (atendimento veterinário domiciliar no Rio de Janeiro).

*Michele Gargano

Se você dá brinquedo para seu pet, ele brinca, mas depois de 10 minutos ele não está nem aí para o brinquedo, saiba que quem está cometendo o erro é você! Isso mesmo, mas calma, você ainda não sabe a função dos brinquedos na vida dos peludos e eu vou explicar.

Os brinquedos funcionam como enriquecimento ambiental, ou seja, têm a importantíssima função de imitar o máximo a sua casa para que ela fique mais parecida possível com a natureza da qual aquele pet pertenceu um dia. Dessa forma, o brinquedo imita uma caça e ao caçar eles pegam a presa, brincam com ela, comem e depois escondem ou comem.

Por isso, que ao deixar o brinquedo disponível o tempo todo, o enriquecimento ambiental não está sendo feito da forma correta. Os brinquedos devem ser oferecidos de forma intercalada, dando um grupo de brinquedos diferentes por dia, por exemplo, para que ele tenha uma “presa” nova o tempo todo, tornando a brincadeira muito mais interessante, ainda mais se você participar junto com ele.

O enriquecimento ambiental tem a finalidade de prevenir várias doenças psicológicas, depressão, ansiedade, inclusive o Alzheimer que também pode acontecer em cães e gatos, além de estimular o raciocínio. Então aproveite e tire 10 a 30 minutos do seu dia para brincar com o seu melhor amigo, para você pode ser só uma brincadeira, mas para ele é muito mais.

 

*Michele Gargano CRMV-RJ 16.777, médica veterinária formada pela UFRRJ, especializada em prevenção e co-fundadora da empresa Chama Vet (atendimento veterinário domiciliar no Rio de Janeiro).

NR: Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores