Tóquio 2020: Yoandy Leal desequilibra e Brasil vence Argentina no tie-break

0
54
FIVB

O ponteiro da Seleção Brasileira Yoandy Leal fez a diferença no segundo jogo da Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. O time venceu por 3 sets a 2 a equipe da Argentina em uma disputa acirrada, com parciais de 1925, 2125, 2516, 2521 e 1614. 

O time brasileiro virou o jogo com grande atuação do ponteiro de 32 anos, que fez 18 pontos, 17 de ataque e 1 de saque. O cubano naturalizado brasileiro fez a diferença no set decisivo e anotou 7 pontos. O atleta agenciado pela Pro Sports Brazil foi o maior pontuador da partida pelo lado brasileiro. O central Isac fez dois pontos no jogo.

A Seleção já havia vencido a Tunísia na estreia com vitória de 3 sets a 0. Leal, no jogo, fez quatro pontos na partida e foi substituído. Hoje, a história foi diferente e o atleta deu a volta por cima para contribuir com a vitória épica da equipe. 

“No primeiro jogo, o Leal saiu porque estava com um rendimento ruim, mas hoje eu não podia perder ele. Leal é um cara extremamente importante. No meio do jogo ele saiu, falei pra ele que ia tirar ele para respirar, o Douglas entrou bem inclusive, mas a gente não podia perder o Leal de maneira nenhuma. Depois ele entrou no jogo e ajudou na vitória que para a gente era fundamental.”, comentou o técnico da Seleção Brasileira, Renan Dal Zotto.

Leal e Isac Santos, também agenciado Pro Sports, jogam contra a Rússia nesta quarta-feira (28) às 09h45 (horário de Brasília). O jogo é válido pela primeira rodada e será transmitido pelo Sportv e BandSports.

Programação de jogos primeira fase (horário de Brasília): 
23/07 – Brasil x Tunísia  – 23h BRA (3×0)
26/07 – Brasil X Argentina – 09h45 BRA (3×2)
28/07 – Brasil x Russia – 09h45 BRA
29/07 – Brasil x EUA – 23h05 BRA
31/07 – Brasil x França – 23h05 BRA

Mais sobre Leal

Leal se tornou o primeiro jogador a ganhar o Mundial por um time da América e por um da Europa. Além de ter sido o primeiro e único atleta do planeta a ser campeão do Sul-Americano, da Champions League e vencer quatro Mundiais de Clubes.

O atacante foi destaque do Lube Citivanova na conquista do scudetto da Superliga Italiana de Vôlei 2020/21.Somando apenas os resultados na Superliga Brasileira e na Superliga Italiana, duas das principais competições de clubes do mundo, em nove temporadas, os números de Leal são expressivos.

Foram ao todo 25 títulos em 30 finais disputadas pelas equipes do SADA Cruzeiro e Lube Civitanova. Ou seja, Yoandy Leal vence cinco de cada seis finais que disputa. O jogador ganhou também quatro Mundiais, seis Continentais, sete Superligas, cinco Copas Nacionais e três Supercopas Nacionais.