Itajaí (SC) celebra 11 anos de envolvimento com a The Ocean Race

0
51

O 1º de abril de 2010 entrou para a história da vela brasileira com o anúncio da chegada da Volvo Ocean Race, atual The Ocean Race ao município de Itajaí.

A cidade catarinense entrava no radar da vela oceânica realizando desde então três edições do evento de volta ao mundo, batendo recorde de público seguidamente.

A cerimônia de confirmação foi realizada no Castelo Montemar, localizado no Morro da Cruz, cartão postal de Itajaí.

Estiveram presentes autoridades locais e os medalhistas olímpicos Torben e Lars Grael, além dos representantes da VOR, liderada por Knut Frostad.

Torben, inclusive, era o atual campeão da regata levando os suecos do Ericson 4 ao lugar mais alto do pódio.

A partir daí Itajaí (SC) sediou as paradas da América do Sul em 2012, 2015 e 2018.

Para a edição 2022-23 da The Ocean Race, os catarinenses estão outra vez na rota.

Segundo Adilson Pacheco, jornalista e idealizador da campanha brasileira na regata de 2022-23, a chegada da The Ocean Race a Itajaí impactou o esporte local.

”Além de mostrar as belezas de Itajaí para o mundo, a Ocean Race fez com que a população local se interessasse mais pela vela oceânica. Desde então vemos mais crianças em regatas no Saco da Fazenda e muitos locais se destacando na realização de eventos”.

”Itajaí também sediou a Transat Jacques Vabre e o VelaShow. Agora é a vez de dar um passo maior, mesmo com crise econômica. Temos vontade e estamos próximos de confirmar a equipe brasileira na regata, fato que não ocorre desde 2006”.

A novidade citada pode ser a entrada de um barco de Santa Catarina na classe IMOCA.

Os idealizadores da equipe brasileira estão em negociação com empresas nacionais e internacionais, inclusive uma parceria com skippers da França.

A The Ocean Race começa em outubro de 2022 partindo de Alicante, na Espanha. O final será em 2023 em Gênova, na Itália.

Barcos das classes IMOCA e VOR65 estão inscritos.