#SomenteUnidos: ONU lança campanha global em defesa de acesso às vacinas e importância da prevenção

0
123
Campanha #SomenteUnidos é uma iniciativa da Verificado Foto | ONU

Liderada pela Organização das Nações Unidas (ONU), a campanha #SomenteUnidos, parte da iniciativa Verificado, é lançada em 11 de março de 2021, um ano depois do início da pandemia. Com a ação, a ONU vem apoiar e difundir a urgência do acesso justo e equitativo das vacinas contra a COVID-19 para todos, além de reforçar a importância das medidas de prevenção contra a doença. O combate à pandemia do coronavírus só será bem-sucedido se todas as pessoas, de todas as nações, tiverem acesso às vacinas.

Na campanha, o público é convidado a postar nas redes sociais fotos usando máscara facial, acompanhada de um texto pedindo união. O texto sugerido é:

“Faz um ano que estamos vivendo uma pandemia mundial. Apenas quando todos tiverem acesso às vacinas isso terá fim. Até lá, precisamos nos unir e manter todas as medidas de prevenção: usar máscara, manter o distanciamento social e higienizar as mãos. #SomenteUnidos vamos sair dessa! Participe dessa campanha com a @onubrasil e #MostreSuaMascara.”


Publicidade

 

“Enquanto não temos vacinas para todos, é fundamental mantermos os cuidados de prevenção”, afirma Kimberly Mann, diretora do Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio), que coordena o projeto Verificado no Brasil.  “Usar a máscara, manter distanciamento social, respeitar esses limites de convivência presencial são as ferramentas que temos até que todos estejam vacinados”, complementa.

Mais de 2,5 milhões de pessoas em todo o mundo morreram de COVID-19, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). No Brasil, mais de 270 mil pessoas já morreram da doença, e 4,32 milhões de pessoas já receberam ao menos uma dose de vacina, segundo dados do consórcio brasileiro de veículos de imprensa.

As vacinas contra a COVID-19 evitam a morte de pessoas, o surgimento de novas variantes e dão a oportunidade de retomada das economias dos países. Em todo o mundo, milhões de doses estão sendo distribuídas por meio dos esforços do COVAX, o mecanismo global de igualdade de vacinas coordenado pela ONU.

A OMS informou que inicialmente essas doses cobrirão apenas profissionais de saúde e as populações mais vulneráveis. Até o final de 2021, o COVAX pretende oferecer vacinas a quase 30% da população de cada país participante. Esse progresso é pequeno em comparação com os dez países ricos, que possuem quase 80% de todas as vacinas contra a COVID-19. Participante do COVAX, o Brasil optou por receber um volume de doses equivalente a 10% de sua população, cerca de 42,5 milhões de doses, de acordo com dados do Ministério da Saúde


Publicidade

O projeto Verificado, coordenado no país pelo Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio), em nome das Nações Unidas, tem a colaboração da Purpose, uma das maiores organizações de mobilização social do mundo.

Sobre o COVAX – COVAX é o pilar de vacinas do Acelerador de Ferramentas para a COVID-19 (Acelerador ACT). Trata-se de uma colaboração global inovadora para incrementar o desenvolvimento, a produção e o acesso equitativo a testes, tratamentos e vacinas contra a COVID-19. A COVAX é co-liderada pela Coalizão para Inovações de Preparação para Epidemias (CEPI), GAVI e OMS, trabalhando em parceria com o UNICEF, Banco Mundial, fabricantes de vacinas e organizações da sociedade civil, entre outros.

Sobre o Verificado – O projeto Verificado é uma iniciativa global da ONU que tem o objetivo de combater a infodemia de desinformação em meio à pandemia, compartilhar informações que salvam vidas e orientações baseadas em fatos e histórias de solidariedade global em torno da COVID-19. O site Verificado traz uma galeria de informações verificadas e transmitidas pelas Nações Unidas. Acesse: www.compartilheverificado.com.br.