Os benefícios de praticar esportes radicais

0
29

Futebol, hóquei, voleibol, natação, basquete são alguns dos esportes mais conhecidos e praticados tanto no Brasil quanto em outros países.

A maioria das pessoas desfruta de disciplinas que se jogam de forma individual ou grupal, enquanto existem outras que preferem exercícios desafiantes que gerem adrenalina e a sensação de estar em risco.

Para esses casos, os esportes extremos são a melhor escolha. Embora por enquanto não sejam práticas nas quais possam se fazer apostas esportivas, são ótimas atividades para quem quer fugir da rotina.

Que são os esportes radicais

Os esportes extremos são aquelas disciplinas que, ao envolver maior risco físico, geram sentimentos de adrenalina, euforia e desafio. São atividades extremas que requerem cuidados de segurança especiais devido a suas próprias características.

Os esportes radicais são geralmente praticados na natureza ou em ambientes inóspitos. No entanto, durante os últimos anos têm surgido alguns que se desenvolvem em contextos urbanos.

Estas atividades extremas estão divididas de acordo com o local onde se praticam:

Aéreas

Balonismo, parapente, asa-delta, voo livre, paraquedismo, wingsuit, base jump, bungee-jumping, passeio de balão.

Terrestres

Cachoeirismo, escalada, mountain bike, montanhismo, trekking, arvorismo, sandboard.

Aquáticas

Kitesurfe, surfe, esqui aquático, rafting, mergulho, canoagem, flyboard.

Urbanas

Rapel, skate, slackline, parkour, base jump.

Benefícios dos esportes radicais

Estas atividades têm cada vez mais adeptos devido a que proporcionam uma melhor qualidade de vida e fortalecem o organismo. Confira as vantagens de praticar esportes extremos.

Favorecem o bem-estar físico

Para realizar este tipo de atividade é necessário treinar de forma intensiva com o objetivo de preparar o corpo.

Como resultado do treinamento e da prática, o organismo adquire resistência cardiovascular e os músculos se fortalecem.  Depois de algum tempo a fazer esportes radicais, as atividades da vida cotidiana demandam menos esforço e o cansaço diminui.

Adicionalmente, ajudam ao corpo a emagrecer, devido a que provocam um grande gasto calórico.

Controlam a pressão arterial

O sedentarismo é o principal inimigo da boa saúde. Além de prejudicar a musculatura e incrementar as possibilidades de engordar, não fazer nenhum tipo de atividade física provoca o que comumente chamamos como “pressão alta”.

Praticar esportes ajuda a diminuir a força dos batimentos cardíacos e dilata os vasos sanguíneos. Estes dois fenômenos baixam a pressão sanguínea ou a mantêm em níveis estáveis e satisfatórios.

Tanto os exercícios aeróbicos quanto os anaeróbicos são ótimos para controlar a pressão arterial. Os primeiros utilizam o oxigênio e os nutrientes para produzir energia para o músculo, enquanto os segundos ajudam o corpo a produzir energia sem complementos adicionais, para incrementar a musculatura.

Os esportes extremos conjugam a prática de exercícios aeróbicos e anaeróbicos ao mesmo tempo e por este motivo são a melhor opção quando se trata de controlar a pressão arterial e mantê-la estável.

Diminui a ansiedade

Está estressado? Já provou múltiplas ações e nenhuma parece ser uma boa solução? O que você acha de tentar com esportes extremos?

As práticas radicais estimulam a produção de neurotransmissores no cérebro, especialmente da endorfina, que é um analgésico natural.

Em consequência, os sentimentos de ansiedade se reduzem e aumenta a sensação de relaxamento e o bom humor.