Barco Inaê Transbrasa garante vaga na Santos-Rio 2020

0
129

O barco Inaê Transbrasa está confirmado na 70ª edição da regata Santos-Rio, que será realizada em 23 de outubro.

Será o retorno da equipe de vela oceânica de Santos (SP) às competições, que foram paralisadas pela pandemia de COVID-19.

O tradicional evento da modalidade reunirá veleiros das classes ORC, IRC e BRA RGS.

A prova sai do Iate Clube de Santos com destino ao Iate Clube do Rio de Janeiro e tem ao todo 130 milhas náuticas.

A tripulação do Inaê Sailing Team está inscrita na categoria IRC com o barco Beneteau 40.7 e voltará aos treinos visando as competições do segundo semestre após a liberação das autoridades competentes.

”A regata Santos-Rio edição 2020 ganha um destaque e uma importância não somente por ser a primeira regata de percurso longo pós-pandemia, mas também por ser sua septuagésima edição”, disse Bayard Neto, comandante do Inaê Sailing Team.

O objetivo do Inaê para Santos-Rio é manter os resultados do começo do ano, ou seja, brigar pelo título do evento.

Antes da parada, a equipe liderava a Copa Suzuki na classe IRC. ”Estamos bastante ansiosos para retomar os treinos e fazer um bom trabalho na Santos-Rio”.

”Vai ser uma prova incrível, com a participação de barcos clássicos, vencedores das 69 edições da competição e muitos barcos de fora que deverão participar também da regata”.

A regata termina na Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro (RJ) e logo na sequência será realizado o Circuito Rio.

Em 2020, o Iate Clube do Rio de Janeiro comemora 100 anos da sua fundação. ”Esperamos uma grande festa no Rio de Janeiro.

Mas vamos competir e em modo regata sobe aquela adrenalina que serve como uma grande fonte de energia, que a gente recarrega todas as baterias para os nossos dia a dia pessoais e profissionais”, reforçou Bayard Neto para a agência On Board Sports.

A equipe de vela santista têm bons resultados na regata Santos-Rio. Nos anos de 2015 e 2016, o Inaê foi fita-azul e vice campeões. No ano passado, já na IRC e com o barco 40.7, a tripulação foi vice no geral.

”Queremos estar juntos novamente! Compartilhar momentos de prazer velejando juntos e curtindo a natureza. Mas, ao mesmo tempo, competindo com os maiores nomes da vela nacional”.

”Tenho o prazer de estar sempre participando dos campeonatos mais importantes do País, onde temos a oportunidade de aprender e encontrar com ídolos do esporte como Torben Grael e Lars Grael, como Robert Scheidt, Santinha e vários amigos que fizemos com tantos anos praticando o esporte”.