Boas notícias vindas da Transat Jacques Vabre Normandie Le Havre

0
20

A organização da Transat Jacques Vabre Normandie Le Havre consolida sua herança na vela oceânica e confirma o compromisso de realizar as próximas três edições da regata.

Nesta quinta-feira (25), a maior prova em duplas do mundo confirmou que a Região da Normandia será co-organizador do evento realizado de dois em dois anos.

Nas últimas quatro edições, a regata teve o Brasil como destino final, sendo Itajaí (SC) em 2013 e 2015, e Salvador (BA), em 2017 e 2019. A última Transat Jacques Vabre Normandie Le Havre bateu recorde de participantes, com 59 barcos em três classes.

O novo programa da competição inclui a criação da Fundação Transat Jacques Vabre, que tem objetivo é apoiar jovens talentos da modalidade, bem como projetos inovadores com igualdade de gênero e meio ambiente.

A próxima edição da Transat Jacques Vabre Normandie Le Havre deve ser realizada em 2021.

E para apoiar o desenvolvimento da nova estratégia do evento, a organização anunciou também a nomeação de Caroline Caron como nova CEO – Chief Executive Officer da regata. A francesa atua na indústria do esporte há mais de 20 anos.

Gildas Gautier, no comando da Transat Jacques Vabre desde 2009, vai se envolver em novos projetos.

”Nos últimos 10 anos, defendemos com a Transat Jacques Vabre, uma regata em mar aberto, com muita participação e interesse ambiental. Com Caroline, essas aspirações serão reforçadas e será um prazer acompanhá-la na condução deste belo barco que ela poderá seguir em direção a novos horizontes”.

Caroline Caron comentou sobre seu novo cargo. “Estou feliz e honrada por apoiar o novo e ambicioso projeto da Transat Jacques Vabre Normandie Le Havre. Contribuir para que essa regata histórica tenha um impacto positivo nas mulheres, nos homens e no meio ambiente.

Registro a longo prazo

Por quase 30 anos, a marca de café Jacques Vabre e a cidade de Le Havre estão envolvidas no projeto e investindo em regatas oceânicas. Juntas conseguiram promover, a cada dois anos, a mais longa regata transatlântica.

Conscientes dos valores, tanto esportivos quanto humanos, além de sua responsabilidade na indústria náutica, os dois parceiros reafirmam seu compromisso com as próximas três edições.

O objetivo comum é aumentar a notoriedade da competição esportiva para converter esse know-how de organizador de competições esportivas reconhecida em um local de eventos marcantes.

Um projeto ambicioso liderado por seus organizadores

A Transat Jacques Vabre Normandie Le Havre aspira a se tornar uma regata que revela talentos, inspirando as mulheres e os homens que disputam a travessia.

A ambição dos parceiros envolvidos no evento é construir ações sustentáveis, alinhadas aos pilares da regata: meio ambiente, mulheres e homens juntos, patrimônio e busca pela excelência.

Em 2019, a Região da Normandia se tornou um dos principais parceiros, registrando-se em nome do evento. Em 2021 será co-organizadora da regata, que tem fortes raízes normandas.

Classes envolvidas e motivadas

Halvard Mabire, Presidente da Class40: “São notícias muito boas, oferecem visibilidade do calendário e dos eventos até o final de 2025, o que é realmente bom nesse período de incertezas. A Transat Jacques Vabre é um ótimo evento. Não há dúvida de que o anúncio motivará novos projetos, incentivará os parceiros a se engajarem e desencadear novas vocações, como em 2019, onde a Class40 recebeu os dois concorrentes mais jovens do evento. ”

Erwan Leroux, presidente da classe Multi50: “A classe Multi50 está alinhada com as novas ambições da Transat Jacques Vabre. Estamos convencidos de que hoje devemos trabalhar, com os organizadores e parceiros, em novos modelos de regatas offshore. Pode se tornar um campo de inovações econômicas, esportivas e ambientais “.

Antoine Mermod, presidente da classe IMOCA: “A regata é um evento imperdível no IMOCA Globe Series Championship, um marco importante a cada dois anos. A edição de 2019 foi um grande sucesso com intensidade do início ao fim. Os velejadores adoram esse formato em duplas e esse percurso cruzando a Linha do Equador. Ter esse compromisso hoje envia um forte sinal para as equipes, seus parceiros e a Classe IMOCA, um grande obrigado a eles. ”

Emmanuel Bachellerie, Delegado Geral da Classe Ultim 32/23: “Estamos muito satisfeitos com este anúncio. O clima pode estar cheio de incertezas e é um sinal muito positivo compartilhado pela Transat Jacques Vabre. Todos fazemos parte de um todo que deve ser preservado”.

Sobre a Jacques Vabre

Criada em 1993 pelos cafés da cidade de Le Havre e Jacques Vabre, a Transat Jacques Vabre é uma regata que liga Le Havre à América do Sul, refazendo a rota histórica do café. 

Este evento, que ocorre a cada dois anos, conseguiu se estabelecer como uma prova offshore imperdível, complexa e em em dupla.

A regata já recebeu os maiores nomes de oceâno como Eric Tabarly, Paul Vatine, Loïck Peyron, Jean-Pierre Dick, Franck Cammas, François Gabart, Charlie Dalin, Alex Thomson, Thomas Coville, Sam Davies, etc.

Jacques Vabre, uma marca francesa criada em 1968, é reconhecida por sua experiência na seleção dos melhores grãos de café do mundo.

Com o programa Common Grounds, a Jacques Vabre está comprometida com um café cultivado de maneira responsável, com respeito pelas pessoas e pelo planeta. A marca pertence ao grupo JDE.

Jacobs Douwe Egberts (JDE), com sede na Holanda, é o principal trader mundial de café.

Tem o objetivo de atender a todos os gostos dos consumidores. Uma equipe de 16.000 especialistas em café desenvolve diariamente uma ampla gama de produtos distribuídos em mais de 143 países ao redor do mundo. 

As principais marcas da JDE incluem Jacobs, Tassimo, Moccona, Senseo, L’OR, Douwe Egberts, Kenco, Pilao e Gevalia. A JDE está presente no mercado francês com as marcas L´Or, Senseo, Tassimo, Velours Noir, Grand’Mère, Maxwell House e Jacques Vabre.

Le Havre, uma cidade náutica

Le Havre é uma cidade aberta ao mundo: uma terra de grandes eventos, uma cidade rica em história, com um centro listado como Patrimônio Mundial pela Unesco e uma metrópole em plena transformação.

Com uma praia no centro da cidade, Le Havre está naturalmente virada para o mar e recebeu o primeiro clube de vela do continente europeu e é a primeira cidade francesa em número de licenciados navegando.

Le Havre é uma cidade única, com uma estética poderosa que desenvolve uma estratégia de atratividade ambiciosa.

A região também abrigou eventos esportivos internacionais, como a Copa do Mundo Feminina da FIFA França 2019, uma etapa da Experiência FISE e, claro, a Transat Jacques Vabre.

Região da Normandia

Navegando na Normandia são 80 clubes, 26.000 licenciados, um pólo de esperança e muitos eventos na costa nas águas interiores. Entre eles, a Regata do Canal da Normandia, o Tour de Vela e a chegada do Rolex Fasnet em 2021.

Esses eventos, ao lado da Transat Jacques Vabre, permitem que a Normandia seja um ‘país’ de vela, visível e atraente para o público nacional e internacional.

A imagem da “região costeira” é altamente valorizada. A Normandia, com seu litoral de mais de 640 km rodeado por um dos tráfegos marítimos mais movimentados do mundo, possui as características essenciais ao seu desenvolvimento.