Patrícia Fariasno Lago Titicaca: Ultramaratona de 20 km objetiva chamar atenção para a preservação das águas e do meio ambiente

0
314

 

A ultramaratonista aquática Patrícia Farias será a primeira mulher do mundo a encarar o Desafio do Lago Titicaca, entre a Bolívia e o Peru/Divulgação
A ultramaratonista aquática Patrícia Farias será a primeira mulher do mundo a encarar o Desafio do Lago Titicaca, entre a Bolívia e o Peru/Divulgação

 

Ultramaratona de 20 km tem o objetivo de chamar atenção para a preservação das águas e do meio ambiente

A ultramaratonista aquática Patrícia Farias será a primeira mulher do mundo a encarar o Desafio do Lago Titicaca, entre a Bolívia e o Peru. A nadadora irá enfrentar as adversidades do lago navegável mais alto do planeta no dia 28 de fevereiro, em um percurso de 20 km.

A carioca vai nadar em temperaturas que variam entre 10ºC e 14ºC e 3.812 metros de altitude. Tudo isso em busca do desafio e principalmente por uma causa nobre: chamar atenção para o lado ambiental do Desafio. A preservação das águas e de todo meio ambiente em volta do lago é um dos objetivos do município de Copacabana, na Bolívia, local da largada da prova e do município de Yunguyo, no Peru (local da chegada).

Com a realização do Desafio, as autoridades locais esperam que a comunidade dê mais atenção ao lago e o preserve ainda mais.

 

  "Para mim é motivador poder ser a primeira mulher a nadar da Bolívia ao Peru, sensação imensurável
“Para mim é motivador poder ser a primeira mulher a nadar da Bolívia ao Peru, sensação imensurável

“Para mim é motivador poder ser a primeira mulher a nadar da Bolívia ao Peru, sensação imensurável. Estou muito feliz em ter essa possibilidade, ainda mais pela causa, que é ambiental e ao mesmo tempo fomentar o esporte na região, além de levar um pouco desse sentimento único para as crianças”, conta a atleta.

Patrícia visitará uma escola na Bolívia para contar sobre o Desafio e sua recepção no Peru promete ser uma “festa” para a população que acompanhará ao vivo a prova. A ultramaratona  terá transmissões de rádio e televisões locais.

Patrícia, foi convidada pelo único atleta a fazer o percurso, o brasileiro Maurício Giaxa.

Na Care Club Itaim, uma de suas parceiras, ela faz um acompanhamento com a nutricionista Julia Vasconcellos e com o médico Paulo Puccinelli, especialista do esporte.

Para encarar o Desafio ela conta com o apoio do município de Copacabana, localizado na Bolívia, e do técnico Guilherme Siga. Além deles, a equipe parceira é composta pela Assessoria  CGFit, Gaivotas Eventos, que apoia com treinos na piscina do Complexo Esportivo do Ibirapuera, a Cia Athlética Morumbi, a farmácia ProNatura, a Mares Acupuntura e a Mormaii Natação.



 

assine-mkt-anuncie1

 


 

Patrícia Farias tem 37 anos e foi a primeira mulher a realizar a Travessia Do Leme ao Pontal, maior maratona aquática do Brasil, com 35k. Atleta federada em piscinas até os 16 anos, passou a se dedicar à natação em águas abertas em 2011.

A carioca tem no currículo um título brasileiro nos 10k em 2013, a medalha de prata na tradicional 14 Bis em 2016, entre Bertioga e Santos, e a medalha de bronze na ultramaratona aquática da Ilha do Mel, também em 2016. Em seu mais recente desafio (2017), completou os 36k da tradicional travessia de Capri-Nápoles, na Itália.


Fonte:  Katarine Monteiro/ onboardsports.net