Maratona Aquática: Patrícia Farias se prepara para o Desafio do Lago Titicaca

0
257
@leofrancinifotografo_f3
@leofrancinifotografo_f3
@leofrancinifotografo_f3

Atleta das maratonas aquáticas, Patricia Farias fará percurso de 20 km no dia 21 de fevereiro entre a Bolívia e o Peru.

A ultramaratonista aquática Patrícia Farias tem um novo desafio no próximo mês. A carioca fará o Desafio do Lago Titicaca, entre a Bolívia e o Peru, no dia 21 de fevereiro.

Serão 20 km a serem nadados no lago navegável mais alto do mundo, com 3.812 metros de altitude.

Primeira mulher a realizar os 35k da Travessia Do Leme ao Pontal, a maior maratona aquática do Brasil, Patrícia vai enfrentar, além da altitude, as águas geladas do lago, com temperaturas variando entre 10° e 14°C.

O Lago Titicaca é alimentado pelas águas das chuvas e pelo degelo das geleiras que o rodeiam.

“Reiniciei os treinos de maior volume em meados de dezembro. Essa será uma travessia onde serei testada de várias maneiras, mas aceitei o desafio e farei o meu melhor, com fé em Deus sempre! Mundo aquático, estamos juntos! Contagem regressiva”, contou Patrícia Farias.

O único atleta a fazer esse percurso foi o brasileiro Maurício Giaxa, responsável pelo convite à Patrícia. A nadadora Dailza Damas já nadou no lago, porém fez outro trajeto.

Com o apoio do município de Copacabana, localizado na Bolívia,  e do técnico Guilherme Siga, Patrícia Farias será a primeira mulher a encarar o percurso e a segunda a se desafiar no Lago Titicaca.

Patrícia Farias tem 37 anos e foi a primeira mulher a realizar a Travessia Do Leme ao Pontal, maior maratona aquática do Brasil, com 35k. Atleta federada em piscinas até os 16 anos, passou a se dedicar à natação em águas abertas em 2011.

A carioca tem no currículo um título brasileiro nos 10k em 2013, a medalha de prata na tradicional 14 Bis em 2016, entre Bertioga e Santos, e a medalha de bronze na ultramaratona aquática da Ilha do Mel, também em 2016. Em seu mais recente desafio (2017), completou os 36k da tradicional travessia de Capri-Nápoles, na Itália.