Barcos holandeses dividem liderança de etapa até País de Gales

0
18
Leg 9, from Newport to Cardiff, day 7 on board Team AkzoNobel. Team Brunel are in sight and the crew are working hard to keep them behind. 26 May, 2018./Konrad Frost/Volvo Ocean Race
Leg 9, from Newport to Cardiff, day 7 on board Team AkzoNobel. Team Brunel are in sight and the crew are working hard to keep them behind. 26 May, 2018./Konrad Frost/Volvo Ocean Race

O recordista AkzoNobel, com a brasileira Martine Grael a bordo, e o Team Brunel aceleram rumo ao destino final da nona perna da Volvo Ocean Race

A nona etapa da Volvo Ocean Race 2017-18 registra uma disputa milha a milha pela liderança entre dois barcos da Holanda. O team AkzoNobel, que conta com a brasileira Martine Grael, tem vantagem mínima para o Team Brunel na tarde deste sábado (26).

A perna transatlântica tem ao todo 3.300 milhas náuticas entre Newport (Estados Unidos) e Cardiff (País de Gales). A pontuação é dobrada!

”Dá pra ver o Brunel aqui do lado. O desafio agora será cruzar as zonas de alta pressão. Não sei se chagamos dia 29 em Cardiff”, explicou Martine Grael em conversa com o pai Torben Grael promovida pela Volvo Ocean Race.  Assista aqui

As equipes holandesas foram as que melhor aproveitaram os fortes ventos do Atlântico. O AkzoNobel bateu o recorde histórico de milhas percorridas em 24 horas da Volvo Ocean Race com 602,5 nesta sexta-feira (25).

”Conseguimos quebrar o recorde com mar forte, parecia que tinha uma mangueira de bombeiro ligada o tempo todo. Média de velocidade bem alta e o vento estava bastante constante”, completou Martine.

O cenário no fim de semana faltando três dias para a conclusão da etapa é mais calmo e menos agitado, já que os ventos deram uma trégua.

Leg 9, from Newport to Cardiff, day 7 on board Team AkzoNobel. `light winds and the crew work hard to keep the lead. 26 May, 2018./Konrad Frost/Volvo Ocean Race
Leg 9, from Newport to Cardiff, day 7 on board Team AkzoNobel. `light winds and the crew work hard to keep the lead. 26 May, 2018./Konrad Frost/Volvo Ocean Race

Infelizmente, o team AkzoNobel não pode perder muito tempo com a comemoração. Os efeitos de um anticiclone que fica entre os barcos e a linha de chegada está trazendo os que estavam atrás.

Dongfeng Race Team e Vestas 11th Hour Racing estão menos de 20 milhas atrás dos líderes holandeses.

“Há uma enorme área de calmaria à nossa frente”, disse Charlles Caudrelier, comandante do Dongfeng Race Team. “Infelizmente para o líder há uma parede, sem vento. Imagino que haverá uma grande compressão”.

O atual ETA (tempo estimado de chegada) prevê que o líder terminará a prova em Cardiff na terça-feira (29)

 



Fonte- Flávio Perez