Balneário Camboriú está entre os 15 municípios turisticamente mais competitivos no Brasil

0
112

 

BC (1) (1)

 

O ranking normalmente é dominado por capitais nas primeiras colocações – em 2015 liderado por São Paulo, seguido de Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba e Belo Horizonte.


Edição – Adilson Pacheco
*Fonte & Texto de apoio – Silvia Bomm
Comunicação PMBC
Post -23/12-16:28


Considerada a praia mais movimentada de Santa Catarina. Balneário Camboriú foi, mais uma vez, um dos destinos indutores do turismo brasileiro que mais se destacaram, em 2015. O resultado do Índice de Competitividade do Turismo Nacional, publicado nesta semana pelo Ministério do Turismo em conjunto com os parceiros Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e a Fundação Getúlio Vargas (FGV), aponta a cidade catarinense com a maioria de resultados em nível quatro. Isso significa que, nas dimensões analisadas para a avaliação do desempenho direto e indireto no turismo, Balneário contempla índices acima da média, em relação a outros destinos turísticos brasileiros, principalmente daqueles que não são capitais.


Pesquisa


O Índice de Competitividade do Turismo Nacional é resultado do levantamento realizado pelo MTur/Sebrae/FGV, por meio de pesquisa realizada entre os dias 29 de junho e 3 de julho, quando a cidade recepcionou um pesquisador da Fundação. Foram entrevistados diversos profissionais dos setores público e privado, envolvidos com o turismo, como o prefeito Edson Renato Dias, Piriquito, o secretário de Turismo, Ademar Schneider, outros secretários municipais, representantes do setor de hospedagens, alimentação, receptivo turístico, Conselho Municipal de Turismo, Instância de Governança Regional, sindicatos, entre outros. Também foram realizadas visitas técnicas nesse período, entre elas a atrativos e equipamentos turísticos e terminais de passageiros.


Destinos indutores


A cidade foi avaliada, juntamente com outros 64 destinos indutores de turismo no país, em 13 dimensões, com notas de zero a cem. Os itens analisados foram Aspectos Sociais – no qual Balneário alcançou pelo segundo ano consecutivo a liderança pela pontuação de 85,6 no nível cinco, o mais alto nas dimensões; Infraestrutura Geral; Aspectos Ambientais; Acessos; Serviços e Equipamentos Turísticos; Capacidade Empresarial; Monitoramento; Cooperação Regional; Aspectos Culturais; Atrativos Turísticos; Políticas Públicas; Economia Local e ainda Marketing e Promoção do Destino.
Foram obtidas notas de 62,8 a 79,5 (nível quatro). Ainda segundo a pesquisa, Balneário Camboriú tem diferenciais importantes. O destino se destaca pela ampla cobertura em termos de elementos de acessibilidade, vagas para idosos e cadeirantes na maior parte das áreas turísticas; o acesso à cidade é bem diversificado com três aeroportos num raio de 110 km, terminal rodoviário com boa quantidade de ligações entre municípios e estados; píer turístico em Itajaí, e destaque para a vida noturna e a gastronomia, com abrangência internacional.


Competitivos


Esse resultado classificou Balneário Camboriú entre os 15 municípios turisticamente mais competitivos no Brasil. O ranking normalmente é dominado por capitais nas primeiras colocações – em 2015 liderado por São Paulo, seguido de Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba e Belo Horizonte. Desta vez, entre os primeiros 20 lugares estão Foz do Iguaçu (8º), Bento Gonçalves (11º), Balneário Camboriú (15º), Petrópolis (16º) e Ouro