ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro tem domingo de emoção com categoria para Pessoas com Deficiência

0
32
ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro

Foram realizadas também baterias na Profissional e Máster, no primeiro dia de disputas da etapa feminina do Circuito Mundial de Bodyboarding, em Serra, no Espírito Santo

Muito sol e calor, praia cheia, com famílias, pais com seus filhos, muita gente acompanhando o evento. O primeiro dia de competições do ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro 2024, etapa feminina do Circuito Mundial de Bodyboarding, neste domingo (21), movimentou a Praia de Jacaraípe, em Serra, no Espírito Santo, com clima de festa e, também, de disputa, com as primeiras baterias da Profissional e Máster e a definição das vencedoras da categoria de Pessoas com Deficiência.

O campeonato, em sua terceira edição, será realizado até o próximo sábado (27), transformando o Espírito Santo no centro mundial da modalidade. A edição tem o número recorde de 115 inscrições. São 75 atletas, de sete países – Brasil, Chile, França, Havaí, Japão, Peru e Portugal -, algumas disputando mais de uma categoria. A programação desta segunda-feira (22) começa às 8h e terá as categorias Junior, Profissional e Máster.

O grande destaque do dia foi a categoria de Pessoas com Deficiência, que realizou todas as suas baterias neste domingo, definindo suas campeãs. As provas emocionaram a todos na praia, levando ao choro. Todas as demais atletas na beira da água aplaudindo, incentivando e torcendo. Bombeiros apoiaram a categoria.

A Deficientes Visuais estreou com muita emoção. Renata Basone participou de sua primeira competição no bodyboarding e comemorou o título, virando na última onda, numa disputa acirrada com Lorrayne Rodrigues. Thais Gobetti ficou em terceiro.

“Sensação muito boa. Uma competição que eu não estava esperando e vim participar. Não dá para explicar. É uma sensação muito forte”, comemorou Renata, que perdeu o marido e a mãe de Covid – ele cuidava dela. Agora, são só  ela e o filho, também deficiente visual.

Carla Cunha conquistou o bicampeonato entre as Amputadas, que contou com quatro atletas. Larissa Doelinger também saiu muito aplaudida. Surda e amputada, optou por desistir, mas foi uma guerreira.

“Eu me sinto mais uma vez superando todos os meus limites, meus medos. Radiante e grata a Deus. Só gratidão é o que sinto nesse momento”, destacou Carla.

Na Mastectomizadas, também com quatro atletas, o título ficou com Tiana Dantas. Mariana Abreu foi vice-campeã, com Cintya Belli em terceiro e Rangeria Amorim em quarto.

“Estou muito feliz. Ainda nem processei tanta alegria. Parabéns à Neymara que faz questão de realizar, ampliar e incluir com esta categoria”, observou Tiana.

Profissional e Máster – Neste domingo foram realizadas também as oito baterias iniciais da Profissional e oito da Máster. As primeiras a entrar no mar foram as bodyboarders da Máster. A bicampeã da categoria no Circuito, a carioca Mariana Nogueira ficou em segundo lugar. A vitória foi da portuguesa Catarina Souza, após muita disputa em busca das melhores ondas. E Catarina garantiu sua segunda conquista do dia vencendo também na Profissional.

“Tive a sorte de pegar ondas que proporcionaram manobras boas. E estou de olho nas meninas”, afirmou Mariana, uma das estrelas do bodyboarding na década de 90, com três títulos.

“A ArcelorMittal é uma empresa que tem como valores fundamentais a Sustentabilidade, a Qualidade, a Liderança e a Segurança. Para nós,  o respeito às pessoas e à vida é um pilar essencial e faz parte da nossa prática no dia a dia. Também temos um compromisso forte com o empoderamento feminino, e eventos como este representam bem essa missão”, destacou Rodrigo Gama, diretor de Gestão de Pessoas da ArcelorMittal.

Programação do ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro 2024
22/04: – a partir das 8h: Junior, Profissional e Máster.
27/04 -14h às 16h – Entrega de Premiações; 19h – Coquetel de Encerramento.
Obs.: do dia 21 ao dia 27, o evento estará no período de janela, observando as melhores circunstâncias do mar para as competições, sendo que nesse período serão 5 dias de competição e 2 dias off.

O Wahine Bodyboarding Pro 2024 tem patrocínio máster da ArcelorMittal, do Governo do Estado do Espírito Santo por meio da Lei de Incentivo ao Esporte Capixaba, e da Prefeitura Municipal da Serra, com apoio de Coroa. Realização do Instituto Neymara Carvalho e da IBC.

Mais informações:
Instagram: @wahinebbpro

No ES: Lúcia Marins – luciammarins@gmail.com – 27 99943-8246

Foto: Rodrigo Gavini/ArcelorMittal