ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro 2024 reúne melhores atletas do mundo, em Serra (ES), em abril

0
29
bodyboarding

Etapa brasileira do Circuito Mundial – premiada como a melhor de 2023 – será entre os dias 18 e 27, na praia de Jacaraípe. O evento chega com novidade nesta terceira edição: ainda mais inclusivo, com categoria para pessoas com deficiência visual

A cidade de Serra, no Espírito Santo, é sinônimo de bodyboarding. E, pelo terceiro ano seguido, a praia de Jacaraípe vai receber a etapa brasileira do Circuito Mundial de Bodyboarding Feminino, o ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro. A edição 2024 será realizada de 18 a 27 de abril, prometendo repetir o sucesso das disputas anteriores e consolidando, cada vez mais, Serra como a capital da modalidade no Brasil. A premiação total será de 37 mil dólares (185 mil reais).

O evento reunirá as principais atletas do ranking mundial, de cerca de 10 países. Estará em Serra a melhor bodyboarder do mundo no momento, a japonesa Sari Ohhara, que vai em busca do bicampeonato – campeã Profissional da edição 2023. Entrarão na água, também, as brasileiras Luna Hardman e Maíra Viana, respectivamente segunda e terceiras do ranking mundial. Ao lado delas, a portuguesa Joana Schenker, as japonesas Namiko Yamashita e Kyra Shirahase, juntamente com a brasileira Maylla Venturin, todas empatadas em quinto lugar.

As atletas PCD fizeram história nas duas primeiras edições e, em 2024, o evento se torna ainda mais inclusivo. Ao lado de mastectomizadas e amputadas, estarão, também, pessoas com deficiência visual. Paralelamente às competições, serão programadas diferentes atividades, como passeio por pontos turísticos, ações voltadas para música e cultura, entre muitas atrações.

Disputa em cinco categorias – A etapa conta com cinco categorias: Pro Junior, Profissional e Master Woman – válidas pelo título mundial -, além de Open (Amador) e PCD (mastectomizadas, amputadas e deficientes visuais) – voltadas para inclusão e fomento.

E uma bateria que promete, mais uma vez, chamar a atenção de todos é a que reúne mães e filhas, promovendo união e empoderamento feminino. Destaque no ano passado, foi criada especialmente para dar visibilidade para atletas que conciliam o esporte e a maternidade, com as profissionais entrando na água ao lado de suas filhas.

“Já estamos na contagem regressiva para mais uma etapa brasileira do Circuito Mundial. As melhores atletas do mundo virão para o Espírito Santo em busca de bons resultados na temporada e vamos cuidar de todos os detalhes para que esta edição supere as expectativas”, afirma Neymara Carvalho, pentacampeã mundial de bobydboard e organizadora do evento.

A premiada edição 2023 – O ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro foi eleito a melhor etapa de 2023 pela International Bodyboarding Corporation (IBC), entre as nove realizadas na temporada.  O resultado foi divulgado em dezembro do ano passado, após avaliação das várias etapas do IBC World Tour of Bodyboarding de 2023. O evento contou com baterias emocionantes, ondas inesquecíveis e muita comemoração dos campeões.

O ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro  O projeto idealizado por Neymara surgiu em 2021. “Wahine”, que significa mulher na língua havaiana, evidencia o resgate da conexão com os povos indígenas das ilhas do Havaí e inspira o evento. Foi em águas havaianas que a atleta venceu uma das mais acirradas disputas do Mundial, na Praia de Pipeline, sendo campeã em 2006 e 2011.

O Wahine Bodyboarding Pro 2024 tem patrocínio máster da ArcelorMittal, do Governo do Estado do Espírito Santo por meio da Lei de Incentivo ao Esporte Capixaba, e da Prefeitura Municipal da Serra. Realização do Instituto Neymara Carvalho e da IBC.

Confira as campeãs do ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro 2023
Profissional: Sari Ohhara (Japão)
Pro Junior: Aarya Tabalno (Havaí)
Master Woman: Mariana Nogueira (Brasil)
Open (Amador): Aline Martins (Brasil)
PCD 1: Carla Cunha (Brasil)
PCD 2: Cintya Belly (Brasil)

Mais informações:
Instagram : @wahinebbpro

No ES: Lúcia Marins – luciammarins@gmail.com – 27 99943-8246

Foto: Wahine Bodyboarding Pro / Divulgação