L’Étape Cunha entra na última semana de inscrições

0
46

Atletas que desejam participar da prova chancelada pela Tour de France devem se inscrever até dia 18 de março

Primeira prova do L’Étape Brasil by Tour de France na temporada 2024, o L’Étape Cunha se aproxima e as inscrições chegam em sua reta final. Nesta segunda-feira (11) começa a contagem regressiva de uma semana para os atletas que desejam disputar a prova chancelada pela Tour de France: as inscrições vão até o dia 18 de março.

O evento em Cunha (SP) está confirmado para acontecer de 5 a 7 de abril e os ciclistas já estão na expectativa para enfrentar as subidas intermitentes e curvas diferenciadas da região. A organização prevê um aumento no número de inscritos, alcançando nesta última semana de inscrições o limite de segurança de 1.500 atletas na disputa. As inscrições seguem abertas.

Até o momento, já estão confirmados ciclistas de 16 estados diferentes, sendo a maioria (74%) do estado de São Paulo. Atletas de fora do país também vão prestigiar a etapa brasileira do Tour de France: estão inscritos estrangeiros de EUA, Alemanha e Canadá.

“A etapa em Cunha abre o ano de celebração dos 10 anos do L’Étape Brasil, ali foi onde tudo começou. O novo percurso curto vai tornar a prova ainda mais prazerosa para quem quer ir e se divertir. Cunha é diversão garantida para quem gosta de desafios!”, afirma Bruno Prada, CEO do L’Étape Brasil by Tour de France.

Nesta temporada, os atletas participantes poderão contar com toda a estrutura que a organização oferece, no mesmo estilo das grandes provas europeias, bem como a segurança do primeiro ao último quilômetro. Um cenário perfeito para encarar o “medo” que o percurso proporciona e desmitificar a sua dificuldade.

Segundo Fernando Cheles, diretor técnico da prova, pedalar em Cunha (SP) é uma chance única de realizar uma conexão com a bicicleta, trabalhando e aprimorando durante a pedalada foco, concentração e técnica.

“Realmente, o percurso tem uma cobrança técnica e é avaliado por muitos atletas e professores como um percurso exigente. É uma prova que não tem muitos momentos de baixa intensidade ou descanso, o percurso não tem grandes planos, nem grandes retas, que poderiam permitir a formação de pelotões e aquele ciclismo em grupo e mais monótono”, explica Cheles.

“É um percurso que exige atenção o tempo todo, como o ciclismo deve ser! Por essa característica muitos atletas dizem que é difícil de terminar, mas na verdade, ao meu ver,  é uma prova e percurso ímpar, que propicia o atleta usar todo equipamento e técnica e condição fisiológica para desenvolver o seu ciclismo” completa.

Em 2024, os atletas inscritos no L’Étape Brasil em Cunha poderão optar por um dos dois trajetos: o curto, com 59 km de estradas fechadas e 1.300 metros de altimetria acumulada, ou o longo, com 110 km e 2.870 metros de altimetria.

Clique abaixo e assista os melhores momentos da prova em Cunha 2023:
O L’Étape Brasil

O L’Étape Brasil by Tour de France é uma das provas mais importantes do ciclismo amador do país. Em 2024 completa dez anos no país e terá três etapas: em Cunha, em abril, no Rio de Janeiro em junho, e em Campos do Jordão, em setembro.

O evento possui 30 etapas espalhadas pelo mundo. Entre os países que recebe as etapas amadoras estão: México, Canadá, Colômbia, República Tcheca, Dinamarca, França, Equador, Grécia, Brasil, Indonésia, Bolívia, Estados Unidos, Espanha, Romênia, Eslovênia, Eslováquia, Suíça, Portugal, Holanda, Bulgária, Chipre, Malásia e Tailândia.

O Tour de France é a mais tradicional prova do ciclismo de estrada mundial, assim como o maior evento esportivo anual do mundo. Criado em 1903, o Tour de France reúne a nata do ciclismo: somente os melhores do mundo podem percorrer os 3.600 km da competição. É um evento de 22 dias (sendo apenas 2 dias de descanso para os atletas) que acontece sempre ao longo mês de julho.

Foto: Divulgação/L’Étape Brasil