São Paulo faz contagem regressiva para receber a Fórmula E

0
55

O Campeonato Mundial ABB FIA Fórmula E volta à cidade de São Paulo em 16 de março, na quarta etapa da competição, que será realizada no Sambódromo do Anhembi. Para comemorar a data de um mês para o evento, que está em sua décima temporada, a F-E e a São Paulo Turismo/SPTuris receberam jornalistas e influenciadores no centro da cidade.

Guilherme Birello, diretor da Fórmula E local, e Gustavo Pires, presidente da SPTuris, falaram dos desafios de receber pela segunda vez a categoria dos carros elétricos. Alex Peixe, chefe de gabinete da SPTuris, e Sandro Cuoghi, diretor de negócios SPTuris, também estiveram no local.

Os ingressos para o E-Prix de São Paulo já estão à venda e podem ser adquiridos através do site da Eleven Tickets. A expectativa é receber 25 mil pessoas no Sambódromo do Anhembi. Uma das novidades é que após a corrida, um show surpresa será aberto a todos os presentes na reta principal da passarela do samba.

”A gente acredita que o setor de eventos e turismo, o setor de serviços de São Paulo, pode ser comparado ao que foi em outro momento, o café e a indústria para nossa cidade. A Fórmula E vai fazer um dos maiores e melhores eventos da história em São Paulo e esperamos que dobre de tamanho do que o ano passado. Sei que as vendas estão indo muito bem, isso porque a gente está em meio de carnaval e teve virada de ano, então são períodos não tão fáceis de vender assim”, explicou Gustavo Pires, presidente da SPTuris.

”A Fórmula E mobiliza a cidade de São Paulo e o Brasil como um grande chamariz para uma alta sustentabilidade, mobilidade elétrica e meio ambiente. Não à toa, a F-E terá junto a semana da sustentabilidade, justamente dias antes do evento”.

Na pista, 22 carros e 11 equipes vão acelerar em busca da vitória neste campeonato equilibrado. Nas primeiras etapas do ano, três vencedores diferentes. A pista conta com aproximadamente 3 km de extensão e três grandes retas, sendo uma delas a maior da Fórmula E – com 750 m.

A Fórmula e a Prefeitura de São Paulo, que têm contrato de cinco anos para realização da corrida na cidade, assumem o Sambódromo a partir deste sábado (17), quando ocorrerá o Desfile das Campeãs no Anhembi. No Camarote do prefeito Ricardo Nunes está o show car da categoria idealizado por Adhemar Cabral.

A partir da próxima semana, a equipe técnica da F-E fará as adequações na pista para receber os carros elétricos.

”A gente já identificou todas as questões que poderiam ser adequadas em relação ao ano passado e estamos muito tranquilos e confiantes num grande show em 2024. Acho que para esse ano a experiência do público vai ser excepcional, incluindo as atividades dentro e fora da pista”, contou Guilherme Birello, diretor da F-E no Brasil.

A única mudança na pista perceptível é a retirada de um bump na segunda reta do circuito, localizado na Avenida Olavo Fontoura, o que pode render mais ultrapassagens na freada após a reta, e proporcionar ainda mais emoção.

No E-Prix de São Paulo de 2023, a corrida foi repleta de emoção, com 11 trocas de lideranças e 114 ultrapassagens. A prova foi definida nos últimos metros, com o neozelandês Mitch Evans (Jaguar TCS Racing) conseguindo se defender dos ataques de Nick Cassidy (Envision Racing) e de seu companheiro de equipe na temporada, Sam Bird. Ao final, a diferença entre primeiro e terceiro foi de apenas meio segundo.

”Acho que para esse ano a experiência do público vai ser excepcional. E para coroar, esse ano colocamos mais uma pimentinha nos nossos desafios operacionais. O nosso pódio será móvel, e após a corrida ele vai ser movido até a reta do Sambódromo, para um show que vai até o final da noite para todo mundo que estiver lá. Qualquer espectador que entrar no Village terá acesso ao show. É isso que é a Fórmula E: um grande festival que comemora a transição energética, comemora as provas elétricas”, completou Birello.

Em breve, a Fórmula E deve anunciar a programação completa do E-Prix de São Paulo, com todas as atrações.

Sobre a Fórmula E e ‘ABB FIA Formula E World Championship’:

Primeiro campeonato mundial elétrico da FIA – Federation Internationale de l’Automobile, a Fórmula E desponta como único esporte neutro em carbono da história, certificado desde a concepção.

O Campeonato Mundial de Fórmula E da ABB FIA realiza corridas eletrizantes ao redor das cidades mais icônicas do mundo, onde tornou-se importante plataforma internacional para o desenvolvimento da tecnologia de veículos elétricos e a promoção da mobilidade limpa, através do automobilismo de alta-performance.

Na Fórmula E, equipes e parceiros unem-se pela paixão ao esporte e pela crença no potencial para acelerar o progresso sustentável, criando um futuro melhor para as pessoas e para o planeta.

www.FIAFormulaE.com

Informações à imprensa: media@fiaformulae.com

Sobre a ABB:

A ABB é líder tecnológica em eletrificação e automação, permitindo um futuro mais sustentável e eficiente. As soluções da empresa conectam conhecimento de engenharia e software para otimizar processos de fabricação, transporte, alimentação e operação. Com mais de 130 anos de excelência, os cerca de 105.000 funcionários da ABB atuam comprometidos em impulsionar inovações que acelerem a transformação industrial.

www.abb.com

Foto: Daniel Deak/ SPTuris