Última Seletiva de vela para o Mundial da Juventude começa em Búzios (RJ)

0
104

2ª edição do Festival de Búzios terá regatas entre 15 e 19 de novembro, no Rio de Janeiro

Os atletas das classes ILCA 6, 420, 29er e Fórmula Kite estarão nas águas de Búzios (RJ) na busca da vaga para representar o Brasil no Mundial da Juventude 2023. A segunda edição do Festival de Búzios inicia nesta quarta-feira (15) e terá regatas até este domingo (19), com sede no Búzios Vela Clube (RJ).

Além das classes focadas na vaga para o Mundial, a CBVela – Confederação Brasileira de Vela organizará regatas do Hobie Cat 16, Hobie Cat 14, Hobie Cat Wave, Dingue, Ilca 7, Ilca 4, Optimist, Batera Búzios, Bico de Proa, que valerá o título do Festival.

Segundo o Presidente da CBVela, Marco Aurélio de Sá Ribeiro, a 2ª edição do Festival de Búzios será uma preparação fundamental para a realização do Mundial da Juventude 2023.

“O evento em Búzios é nosso teste final para a realização do Mundial da Juventude. Nossa equipe liderada pelo Walter Boddener está na cidade para essa competição, que será fundamental para a disputa de dezembro”, explicou Marco Aurélio de Sá Ribeiro, Presidente da CBVela.

O coordenador técnico Ricardo Paranhos irá monitorar os jovens talentos da vela nacional durante a competição. Experiente, velejador e técnico, relata um pouco da expectativa sobre os atletas.

“Foi estratégico a escolha de Búzios porque será a mesma raia do Mundial. Temos ótimos velejadores e esperamos uma boa competitividade nas regatas para encerrar a formação da equipe brasileira. Os atletas já treinaram e a expectativa é de bons ventos, com uma média de 15 nós, então será um grande evento!”, finalizou Ricardo Paranhos, Coordenador Técnico da CBVela.

A realização é da Prefeitura de Búzios, Secretaria Pesca, Agricultura e Esportes Náuticos, CBVela e Búzios Vela Clube. A 52ª edição do Mundial da Juventude será realizada em Búzios (RJ) de 8 a 16 de dezembro de 2023.

Apoio à vela Jovem

A vela brasileira tem como destaque o Núcleo de Base do programa da Confederação Brasileira de Vela – CBVela junto ao Ministério do Esporte pelo Convênio 920223/2022.

O projeto ajuda no fomento à modalidade desde o ano passado. Sede da Rio 2016 e de outros grandes eventos da vela, a Marina da Glória, na capital fluminense, recebe adolescentes entre 13 e 17 anos para treinos visando eventos nacionais e internacionais da Vela Jovem. Outros campings de treinamento foram realizados no Clube Naval Charitas, em Niterói (RJ).

O trabalho leva jovens atletas a se aperfeiçoarem na modalidade, com o propósito de levá-los ao alto-rendimento, incluindo participações em classes olímpicas e pan-americanas.

Sobre a CBVela

A Confederação Brasileira de Vela (CBVela) é a representante oficial da vela esportiva do país nos âmbitos nacional e internacional. É filiada à Federação Internacional de Vela (World Sailing) e ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

A vela é a modalidade com o maior número de medalhas de ouro olímpicas na história do esporte do Brasil: oito. Ao todo, os velejadores brasileiros já conquistaram 19 medalhas em Jogos Olímpicos.

Foto: Fred Hoffmann