Praia do Cumbuco : Kite for the Ocean bate recorde mundial de kitesurf e irá retirar 44 toneladas de lixos do oceano

0
171
Imagem - Eduardoo Abreu

Iniciativa do movimento cearense Winds For Future entrou para o Guinness World Record pela terceira vez.”O céu mais colorido do mundo”, foi assim que ficou a praia do Cumbuco, em Caucaia, neste domingo (24), durante a Kiteparade 2023. A cidade cearense, meca do kitesurf, foi palco, mais uma vez, do maior desfile da modalidade do planeta, promovido pelo Kite for the Ocean, do movimento Winds for Future.

Em um novo recorde mundial estabelecido, o movimento convidou velejadores do mundo inteiro a entrar na água com suas pipas de kitesurf, em qualquer parte do planeta, em prol do oceano, e chegar a marca de 44 mil quilômetros velejados (uma volta na terra), durante um mês. A marca foi atingida com uma semana de antecedência. A ideia é que para cada quilômetro velejado, um quilo de lixo será retirado do oceano e ambientes costeiros, até maio de 2024.

O Guinness World Record oficializou o novo recorde na cerimônia de encerramento do Kite for the Ocean, confirmando 77 mil km velejados, por mais de 600 pessoas em mais de 30 países diferentes. Mariana Zonari, co-fundadora do Winds For Future e diretora da Kiteparade falou da alegria de estar novamente quebrando um recorde e ajudando o meio ambiente.

“Em 2019 e 2022 nós trouxemos o mundo para o Cumbuco, esse ano nós levamos o Cumbuco para o mundo. O planeta se engajou nessa causa e o poder do coletivo venceu, somos novamente recordistas. Quem entrou na água nesse último mês em prol da causa ajudou a tornar o mundo melhor”, celebrou Mariana.

“É com muita alegria que Caucaia entra, pela terceira vez no Guinness. Feliz também por ver toda a comunidade, a nossa vila de pescador integrada e participando deste momento tão importante. Nós somos a verdadeira meca do kitesurf. Por isso, é um orgulho receber e apresentar a nossa cidade para turistas do mundo inteiro. Por isso, temos investido ações de fomento ao turismo, principalmente, o sustentável que é responsável pela geração de emprego e renda de milhares de caucaienses.”, ressalta Vitor Valim, prefeito de Caucaia.

Homenagens

Durante a cerimônia de encerramento do Kite for the Ocean, foram feitas homenagens a cinco pessoas que fazem parte da história do Cumbuco. Carlos Mário “Bebê” e Estefânia Rosa, kitesurfistas campeões mundiais e brasileiros; Capitão Bosco Dias, criador da vila do Cumbuco; Ari Silva, presidente da colônia de pescadores do Cumbuco; e Leandro Araújo, presidente do Instituto do Meio Ambiente de Caucaia (Imac).

Rômulo Alexandre Soares, co-fundador do Winds For Future, ressaltou que “não havia local mais adequado para fazer um evento de kitesurf e sustentabilidade do que o Cumbuco, em Caucaia, e que não havia outra forma que não fosse integrado a vila e a comunidade”.

*texto – Didio Theorga