Vela: 100 dias para o Mundial da Juventude de Búzios (RJ)

0
155

A Confederação Brasileira de Vela (CBVela) deu início, no dia 31 de agosto, à contagem regressiva de 100 dias para a realização do Mundial da Juventude.

Este evento, reconhecido pela World Sailing, acontecerá de 8 a 16 de dezembro em Búzios, Rio de Janeiro, e espera receber cerca de 600 atletas.

O campeonato, voltado para competidores com até 18 anos, promete emocionantes regatas e a revelação de jovens talentos na vela.

Esta edição marcará o 52º Mundial da Juventude de Vela e a segunda vez que o Brasil sediará o evento. Na edição de 2019, também realizada em Búzios, a competição revelou a dupla vitoriosa Martine Grael e Kahena Kunze.

A trajetória do Brasil no Mundial da Juventude soma um total de 16 medalhas. A primeira medalha foi conquistada por Robert Scheidt na classe Laser, em Largs, Escócia, no ano de 1991.

Onze diferentes categorias serão disputadas, abrangendo classes como ILCA 6, 420, 29er, Nacra 15, Hobie Cat 16, Fórmula Kite e iQFoil. Este torneio anual já tem definido que a edição de 2024 será realizada no Largo di Garda, na Itália, no mês de julho do próximo ano.

Marco Aurélio de Sá Ribeiro, presidente da CBVela, compartilha: “Nosso objetivo é deixar um legado significativo para Búzios e para o Brasil como um todo”.

”Além disso, os barcos e equipamentos utilizados no evento poderão permanecer no país, contribuindo para o treinamento, competições e o crescimento da comunidade de velejadores no Brasil”.

”Também temos um compromisso com a sustentabilidade e a educação, enfatizando para os jovens a importância de cuidar da natureza e do meio ambiente.”

Pedro Rodrigues, gerente de eventos da World Sailing, destaca o histórico de sucesso de Búzios como sede da competição em 2009.

O torneio será realizado em parceria com a CBVela, e espera-se a participação de mais de 900 pessoas de todo o mundo, incluindo atletas, treinadores e torcedores.

Pedro Rodrigues afirma: “Estamos ansiosos para repetir o sucesso de 2009. Os clubes estão prontos para receber esta competição que envolverá 11 classes com os melhores atletas do mundo. A expectativa é de uma emocionante competição em Búzios, aproveitando os cinco locais de regata em um cenário com excelentes condições de vento e água.”

Apoiando o desenvolvimento da vela jovem, a vela brasileira destaca o Núcleo de Base do programa da CBVela em parceria com o Ministério do Esporte, através do Convênio 920223/2022. O projeto visa fortalecer a modalidade desde o ano passado, proporcionando treinamento para jovens entre 13 e 17 anos na Marina da Glória, no Rio de Janeiro, e no Clube Naval Charitas, em Niterói.

Este trabalho busca capacitar jovens atletas, preparando-os para o alto rendimento e para competições em níveis olímpicos e pan-americanos.

A CBVela é a entidade oficial que representa a vela esportiva do Brasil, tanto nacional quanto internacionalmente.

Afiliada à Federação Internacional de Vela (World Sailing) e ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB), a CBVela celebra a vela brasileira, que detém o maior número de medalhas de ouro olímpicas na história do país: oito. No total, os velejadores do Brasil já conquistaram 19 medalhas em Jogos Olímpicos.

Foto: Fred Hoffmann