Comunidade náutica se reúne em São Paulo (SP) no I Fórum do Navegador Amador

0
192

Nos dias 2 e 3 de setembro, o Clube ‘A Hebraica’, localizado em São Paulo (SP), será palco de um evento de relevância ímpar para a comunidade náutica do país: o I Fórum de Segurança do Navegador Amador.

O encontro promete unir a expertise da Marinha do Brasil, as vozes da comunidade náutica e a visão de outras autoridades, destacando a importância da cooperação para garantir uma navegação esportiva e recreativa cada vez mais segura e responsável.

A iniciativa, idealizada pela Marinha do Brasil, Diretoria de Portos e Costas (DPC), Comando do 8º Distrito Naval e SOAMAR/SP, tem a finalidade de promover a discussão aprofundada sobre as normas e regulamentos do segmento.

As atividades começam na manhã do sábado (2) com as palestras do Comandante do 8º Distrito Naval Vice-Almirante Marco Antônio Trovão de Almeida e do Diretor de Portos e Costas Vice-Almirante Sérgio Renato Berna Salgueirinho.

Marcello Souza, o organizador do fórum, compartilha a visão de que este encontro é um marco na busca por um ambiente marítimo seguro e confiável. “Ao reunir em um mesmo local a comunidade náutica, a Marinha do Brasil e outras autoridades, visamos fortalecer as medidas de salvaguarda e reforçar o compromisso com a segurança de todos os que desfrutam das águas para atividades de lazer”.

”Esta é uma oportunidade única para esclarecer dúvidas, apresentar ideias construtivas e, acima de tudo, promover uma colaboração direta que beneficiará a todos.”

No I Fórum de Segurança do Navegador Amador serão discutidas as normas 03 e 34 que regem a navegação de esporte e recreio. As inscrições seguem abertas pelo site www.fsna.org.br. Estão confirmados representantes do alto escalão da Marinha do Brasil e de empresas do segmento náutico como BRP Sea Doo, Marine Express Raymarine, Grupo Índios, entre outros.

”Os navegadores devem ter consciência das normas da autoridade marítima, é importante saber sobre equipamentos de salvatagem, as normas que regulamentam o setor e as áreas de navegação. Por isso, o Fórum é super importante para nós. Nunca é pouco utilizar equipamentos e sinalizadores na sua embarcação”, disse Pedro Miranda, presidente do Grupo Índios Indústria e Comércio

Os debates terão a contribuição da sociedade civil, comunidade náutica, proprietários e usuários de embarcações, marinas e clubes náuticos, além de empresas seguradoras, fabricantes de equipamentos de salvatagem, velejadores, pescadores e escolas náuticas.

Baixe a NORMAM

Mais informações pelo tel 11 92011-5969 ou forum@fsna.org.br