Evento de vela em Caraguatatuba termina com mescla de jovens e experientes

0
240
A 2ª edição do Festival Caraguá foi concluída neste domingo (6) com mais de 100 divididos em várias categorias. O encontro, que repetiu o sucesso da temporada passada, teve uma mistura de crianças, jovens e adultos. A CBVela – Confederação Brasileira de Vela e Prefeitura de Caraguá premiou as classes Optimist, ILCA 4 e 7, Hobie Cat 14, Raceboard, Snipe, Formula e Wingfoil com medalhas. Os velejadores enfrentaram o calor em pleno inverno brasileiro e ventos de 8 a 10 nós, na raia montada na Praia do Centro de Caraguatatuba (SP), no último dia de disputas. Após as regatas, os atletas receberam medalhas de bronze, prata e ouro, além do troféu para os campeões. ”As condições de vento foram excelentes durante todo o festival! Foi muito legal a presença em peso dos atletas do Litoral Norte e também da capital. Não deixamos de realizar nenhuma regata, com todos os competidores participando do começo ao fim”, explicou Walter Boddener, Diretor de Regatas da CBVela. Um dos pontos altos da 2ª edição do Festival Caraguá foi a estrutura montada para receber os participantes e familiares, detalhe importante na avaliação da CBVela e dos organizadores locais. ”Tenho certeza que a 2ª edição do Festival de Caraguá agregou para o esporte e turismo na cidade de Caraguá! Ver as pessoas na praia tirando foto e indo velejar é motivo de orgulho. Esperamos mais um Festival em 2024!”, disse Aguilar Junior, Prefeito de Caraguá. Além das regatas, o público de Caraguatatuba e os turistas que passavam pela praia tiveram a oportunidade de velejar e conhecer de perto uma regata acompanhada de um professor. Segundo a organização, 50 pessoas velejaram no barco Snipe, a maioria pela primeira vez na vida. Apoio à Vela Jovem A vela brasileira tem como destaque o Núcleo de Base do programa da Confederação Brasileira de Vela – CBVela junto ao Ministério do Esporte pelo Convênio 920223/2022. O projeto ajuda no fomento à modalidade desde o ano passado. Sede da Rio 2016 e de outros grandes eventos da vela, a Marina da Glória, na capital fluminense, recebe adolescentes entre 13 e 17 anos para treinos visando eventos nacionais e internacionais da Vela Jovem. Outros campings de treinamento foram realizados no Clube Naval Charitas, em Niterói (RJ). O trabalho leva jovens atletas a se aperfeiçoarem na modalidade, com o propósito de levá-los ao alto-rendimento, incluindo participações em classes olímpicas e pan-americanas. Sobre a CBVela A Confederação Brasileira de Vela (CBVela) é a representante oficial da vela esportiva do país nos âmbitos nacional e internacional. É filiada à Federação Internacional de Vela (World Sailing) e ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB). A vela é a modalidade com o maior número de medalhas de ouro olímpicas na história do esporte do Brasil: oito. Ao todo, os velejadores brasileiros já conquistaram 19 medalhas em Jogos Olímpicos.