Vela Olímpica: Samuca e Gabi estão na Holanda para disputar Mundial de Nacra 17

0
278

Na reta final da seletiva olímpica, Samuel Albrecht e Gabriela Nicolino passam pelo Mundial da classe Nacra 17 e pelos Jogos Pan-americanos de Santiago.

A dupla realizou treinos no início de julho no Rio de Janeiro com a presença do técnico Gustavo Thiesen, onde aproveitou para fazer treinos técnicos e táticos em condições de mar similares àquelas que enfrentarão em Haia, no Mundial. A dupla já está nos Países Baixos, fazendo uma aclimatação antes da competição.

No mundial da Holanda, os países participantes terão a chance de conquistar 11 vagas para os Jogos Olímpicos. “Nós acreditamos que estando entre os 15 melhores da competição, podemos garantir uma vaga para o Brasil”, projeta o timoneiro Samuca. A vaga será para o país. A dupla que representará o país na classe Nacra 17 será definida posteriormente em uma seletiva nacional.

 

Divulgação

No ciclo olímpico anterior, Samuca e Gabi conquistaram a vaga brasileira no Mundial da Dinamarca, e posteriormente, a dupla venceu a seletiva, vindo a representar o país nos Jogos de Tóquio, chegando à disputa da regata final.

O mundial da classe olímpica mista Nacra 17 será realizado em Haia, na Holanda, entre os dias 11 e 17. Posteriormente, a dupla disputa os Jogos Pan-americanos de Santiago em outubro.

Equipe BRA10 | Albrecht Nicolino

Os velejadores Samuel Albrecht, timoneiro (atleta do Veleiros do Sul/RS) e Gabriela Nicolino (atleta do Iate Clube do Rio de Janeiro), foram finalistas do Nacra 17 nos Jogos de Tóquio.

A equipe, que é a campeã sul-americana da classe mista, foi medalha de bronze nos Jogos Pan-americanos de Lima de 2019 e vice-campeã da Copa do Mundo de Vela etapa Miami em 2019, conta com o trabalho do técnico Gustavo Thiesen e patrocínio da ENGIE Brasil, Icatu Vanguarda e Enauta via Lei de Incentivo ao Esporte.