Desfile dos Barcos atrai multidão antes da largada da SIVI

0
152

No domingo (23), o tradicional Desfile dos Barcos da 50ª edição da Semana Internacional de Vela de Ilhabela atraiu uma multidão ao Centro Histórico de Ilhabela, SP.

Com 130 veleiros inscritos no evento, o público se concentrou principalmente no Píer da Vila, um dos cartões-postais da ilha.

O desfile antecedeu a largada oficial da Regata 100 anos – Atrevida por Boreste – Marinha do Brasil e foi narrado por Ricardo Baggio. Cada barco que passava pelo píer era apresentado em detalhes, incluindo informações sobre seu tamanho e classe.

A embarcação Capitão Ximango, utilizada pela Comissão de Regatas, abriu o desfile, seguida pelo Atrevida, veleiro que celebra 100 anos nesta edição.

Ricardo Baggio, responsável pela locução do Desfile dos Barcos da SIVI, comentou sobre a animação das tripulações nesse evento, que oferece uma oportunidade única para o público conhecer os veleiros de perto, já que as regatas normalmente acontecem mais distantes da costa.

No Píer da Vila e nas praias próximas ao Centro Histórico, famílias e amigos aproveitaram o momento para tirar fotos e registrar a ocasião, que já faz parte do calendário oficial da Semana Internacional de Vela de Ilhabela há mais de uma década.

O paulista Eduardo Forte, que participou do evento pela primeira vez, ficou emocionado com a experiência. Ele comentou que antes só acompanhava as regatas pela TV, mas agora teve a oportunidade de ver os atletas e os barcos de perto.

A 50ª Semana Internacional de Vela de Ilhabela foi oficialmente aberta no sábado (22), às 20 horas, com uma cerimônia no Race Village. Na edição de 2023, 130 veleiros de diferentes classes estarão competindo até o dia 29, incluindo representantes de 56 clubes e marinas de 11 regiões do Brasil e da Argentina.

Além das competições, a Semana Internacional de Vela de Ilhabela também oferece uma série de atividades culturais e sociais dentro e fora do Yacht Club de Ilhabela, como shows, exposições e palestras.

A organização planeja realizar regatas ao longo da semana, de acordo com as condições de mar e vento, podendo ser no Canal de São Sebastião ou nas raias ao norte e ao sul da ilha.