Agora de PE, recordista Adrenalina Pura volta à Refeno após 15 anos

0
316

Barco recordista da REFENO, sete participações e sete títulos, Adrenalina Pura para a competição, maior campeão da regata Recife/Fernando de Noronha,  foi comprado pelos sócios do Cabanga Iate Clube de Pernambuco, Avelar Loureiro, Humberto Carrilho e Cecília Peixoto, compraram o barco, maior campeão da regata Recife/Fernando de Noronha.

Quando se fala em Adrenalina Pura na Regata Internacional Recife Fernando de Noronha (Refeno), logo vem uma palavra na cabeça: recorde! A associação rápida não é à toa e tem a ver inclusive com velocidade. O barco é recordista da regata ao ter cravado em 2007 a travessia da capital pernambucana até o arquipélago em 14 horas, 34 minutos e 54 segundos.

Adrenalina Pura- Diulgacão

A edição deste ano da Refeno vai ter de novo essa grande atração, mas com uma diferença: a embarcação, que foi projetada e construída com o que havia de melhor em termos de material e tecnologia, agora é pernambucana, dos sócios do Cabanga Avelar Loureiro, Humberto Carrilho e Cecília Peixoto. Vale a pena ressaltar que o trio é “cria” da vela do Cabanga, na Flotilha de Optimist. Todos já participaram da Refeno no Patoruzú, outro grande campeão da Refeno – 2018, 2019 e 2021 .

“A gente se juntou depois da Refeno do ano passado, com a intenção de comprar um barco de fora. Um trimarã. Não foi dando certo e há cerca de um mês, Gustavo Peixoto (Guga) falou sobre o Adrenalina. Fomos conhecer o barco e ficamos encantados. Negociamos e fechamos a compra”, explicou Avelar. O barco deve chegar no píer do Cabanga em agosto, um mês antes da Refeno, cuja partida este ano está marcada para o dia 23 de setembro.

HISTÓRICO

O histórico do Adrenalina Pura na Refeno é espetacular. Foram sete participações e em todas foi o Fita Azul (2000/2001/2002/2005/2006/2007 e 2008) – é o maior campeão da prova. Também participou de outras regatas importantes, como Cape2Rio e Cape2Salvador (quebrou o recorde também da prova).

“O barco está excelente, pois não estava parado. Está com velas novas e tudo muito novo em ternos de equipamento. Pronto para correr as regatas”, afirmou Avelar, complementando que eles estão avaliando a possibilidade de disputar uma regata antes da Refeno.

Faz 15 anos que o Adrenalina Pura não participa da Regata Internacional Recife Fernando de Noronha. A última vez foi em 2008.  “Para a gente que cresceu no Cabanga, vendo a Refeno movimentar o clube e vendo o Adrenalina chegar aqui todo ano, é algo realmente mágico. Me lembro de estar dentro do Optimist, na bacia do clube e olhar maravilhada para o barco. Eu devia ter uns 13 anos. Então, poder trazer o barco de volta pro Estado, para o clube é incrível”, enfatizou e finalizou Cecília Peixoto.