Revolução na indústria automotiva: peças dos futuros carros da BMW serão feitas a partir de redes de pesca recicladas

0
179
Plastix i Lemvig - bringe affaldet tilbage i løkken, omdanne brugte fiskegarn, trawl, taifun og stålwirer til råmaterialer. Plast og stål.

Novidade para a indústria automotiva, os modelos do NEUE KLASSE do BMW Group, que serão lançados a partir de 2025, apresentarão algumas peças de plástico cuja matéria-prima contém cerca de 30% de redes e cordas de pesca recicladas.

A caminho de um futuro mais sustentável, por meio de um processo de reciclagem exclusivo, o material residual da indústria marítima é utilizado para produzir peças de acabamento adequadas para o exterior e interior dos veículos.

Os componentes resultantes representam, aproximadamente, 25% a menos de impacto na emissão de carbono quando comparado com peças feitas de plásticos convencionais.

O BMW Group vem explorando diferentes abordagens para utilizar os resíduos plásticos da indústria marítima como matéria-prima para componentes de veículos, visando conservar recursos valiosos e reduzir as emissões de CO2.

Esta forma de reciclagem torna possível diminuir a necessidade de plásticos primários à base de petróleo e, ao mesmo tempo, combater a poluição oceânica.

BMW Group

Com suas quatro marcas BMW, MINI, Rolls-Royce e BMW Motorrad, o BMW Group é o principal fabricante de automóveis e motocicletas premium do mundo e fornece serviços financeiros e de mobilidade premium. A rede de produção do BMW Group compreende mais de 30 locais de produção em todo o mundo; a empresa possui uma rede global de vendas em mais de 140 países.

Em 2021, o BMW Group vendeu mais de 2,5 milhões de veículos de passageiros e mais de 194.000 motocicletas em todo o mundo. O lucro antes de impostos no exercício financeiro de 2021 foi de 16,1 bilhões de euros em receitas no valor de 111,2 bilhões de euros. Em 31 de dezembro de 2021, o BMW Group tinha uma força de trabalho de 118.909 colaboradores.

O sucesso do BMW Group sempre foi baseado em pensamento de longo prazo e ação responsável. A empresa definiu o rumo para o futuro em um estágio inicial e consistentemente torna a sustentabilidade e a gestão eficiente de recursos centrais em sua direção estratégica, desde a cadeia de suprimentos por meio da produção até o final da fase de uso de todos os produtos.